Descubra agora mesmo a nota de corte do Enem 2017

Veja quantos pontos você precisa tirar no Enem 2017 para entrar em diversos cursos!

24 nov 2017
11h07
  • separator
  • comentários

Veja quantos pontos você precisa tirar no Enem 2017 para entrar em diversos cursos!

Enem 2017
Enem 2017
Foto: Guia da carreira

Conseguir vaga no ensino superior pode ser difícil ou… "menos difícil". Tudo depende do que você procura.

Para se dar bem, é fundamental ficar de olho nas notas de corte de cada um dos três grandes processos seletivos que usam a nota do Enem como critério de seleção.

Essa nota pode variar bastante de acordo com o curso escolhido, a faculdade, o turno, a cidade… Às vezes, a mesma graduação pode ter notas de corte com diferenças bem significativas - começando em 500 e chegando a mais de 800 pontos.

E no Enem 2017 não vai ser diferente!

Descubra agora mesmo a nota de corte do Enem do 2017 para diversos cursos nos três grandes processos seletivos que teremos pela frente logo mais!

Nota de corte do Enem 2017 para entrar no Sisu

O Sisu é um dos processos seletivos mais disputados do Brasil. Ele usa a nota do Enem mais recente para distribuir vagas em universidades públicas de todo o país.

Há oportunidades em cursos de diferentes áreas do conhecimento, até aqueles mais concorridos, como Medicina, Direito e Engenharia.

Para participar do Sisu 2018 é preciso, obrigatoriamente, ter feito o Enem 2017 e não ter zerado a redação.

Dê uma olhada na variação registrada nos últimos anos - e que provavelmente deve se repetir em 2018.

- Administração - entre 550 e 700 pontos
- Agronomia - entre 600 e 700 pontos
- Arquitetura - entre 650 e 750 pontos
- Biologia - entre 600 e 700 pontos
- Ciências Contábeis - entre 600 e 700 pontos
- Direito - entre 650 e 800 pontos
- Educação Física - entre 600 e 700 pontos
- Enfermagem - entre 600 e 730 pontos
- Engenharia Civil - entre 700 e 800 pontos
- Engenharia de Automação - entre 650 e 800 pontos
- Engenharia de Computação - entre 650 e 800 pontos
- Engenharia de Produção - entre 650 e 750 pontos
- Engenharia Elétrica - entre 700 e 800 pontos
- Engenharia Mecânica - entre 700 e 800 pontos
- Engenharia Química - entre 650 e 800 pontos
- Farmácia - entre 600 e 750 pontos
- Gastronomia - entre 600 e 700 pontos
- Gestão de Recursos Humanos - entre 600 e 680 pontos
- Gestão Financeira - entre 550 e 650 pontos
- História - entre 580 e 680 pontos
- Jornalismo - entre 650 e 760 pontos
- Letras - entre 580 e 680 pontos
- Medicina - acima de 800 pontos
- Nutrição - entre 650 e 760 pontos
- Odontologia - entre 650 e 800 pontos
- Pedagogia - entre 600 e 730 pontos
- Psicologia - entre 600 e 750 pontos
- Química - entre 550 e 650 pontos

O Sisu deve abrir inscrições duas vezes em 2018 - uma em janeiro, assim que os resultados do Enem 2017 forem divulgados, e outra no início do segundo semestre.

Nota de corte do Enem 2017 para entrar no ProUni

O ProUni é o processo seletivo que concede bolsas de estudos em faculdades particulares. Ele é quase tão disputado quanto o Sisu, com notas de corte bem altas para a maioria dos cursos.

Aqui a diferença é que dá para encontrar opções com a pontuação mínima exigida: 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação no Enem mais recente. O ProUni também oferece bolsas para cursos a distância, que normalmente são menos procurados.

O candidato que quiser entrar na disputa precisará obrigatoriamente cumprir os requisitos de escolaridade e renda definidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Veja algumas notas de corte que calculamos com base em edições mais recentes:

- Administração - entre 480 e 700 pontos
- Agronomia - entre 550 e 650 pontos
- Arquitetura - entre 550 e 720 pontos
- Ciências Contábeis - entre 460 e 750 pontos
- Comunicação Social - entre 500 e 680 pontos
- Direito - entre 450 e 800 pontos
- Educação Física - entre 460 e 680 pontos
- Enfermagem - entre 540 e 700 pontos
- Engenharia Aeronáutica - entre 650 e 750 pontos
- Engenharia Civil - entre 580 e 750 pontos
- Engenharia de Computação - entre 550 e 750 pontos
- Engenharia de Produção - entre 500 e 650 pontos
- Engenharia Elétrica - entre 600 e 740 pontos
- Farmácia - entre 550 e 700 pontos
- Física - entre 450 e 550 pontos
- Gestão de Recursos Humanos - entre 460 e 680 pontos
- Gestão Financeira - entre 450 e 550 pontos
- História - entre 450 e 550 pontos
- Jornalismo - entre 500 e 720 pontos
- Letras - entre 450 e 680 pontos
- Medicina - entre 700 e 820 pontos
- Nutrição - entre 550 e 700 pontos
- Odontologia - entre 600 e 760 pontos
- Pedagogia - entre 450 e 680 pontos
- Psicologia - entre 580 e 730 pontos
- Química - entre 450 e 550 pontos
- Radiologia - entre 450 e 550 pontos

Assim como o Sisu, o ProUni também abre inscrições duas vezes por ano em 2018. A primeira começa no final de janeiro e a segunda será no segundo semestre, em data a ser definida pelo MEC.

Nota de corte do Enem 2017 para entrar no FIES

O FIES é um Fundo de Financiamento Estudantil, programa do governo federal que ajuda a pagar a faculdade. As condições do empréstimo são facilitadas: os juros são baixíssimos e a dívida só começa a ser quitada depois a formatura, com prazo bem longo.

Para tentar o benefício é preciso apresentar uma boa pontuação no Enem. O mínimo necessário para participar é de 450 pontos na média das provas, sem ter zerado a redação.

O programa também tem requisitos de renda e, dependendo do curso, pode ser bem disputado.

Conheça algumas notas de corte baseadas em edições recentes do FIES:

- Administração - entre 450 e 680 pontos
- Análise e Desenvolvimento de Sistemas - entre 450 e 630 pontos
- Arquitetura e Urbanismo - entre 600 e 700 pontos
- Ciências Biológicas - entre 450 e 600 pontos
- Ciências Econômicas - entre 500 e 650 pontos
- Comunicação Social - Jornalismo - entre 560 e 700 pontos
- Direito - entre 500 e 700 pontos
- Educação Física - entre 450 e 630 pontos
- Enfermagem - entre 450 e 680 pontos
- Engenharia Civil - entre 550 e 700 pontos
- Farmácia - entre 530 e 600 pontos
- Gastronomia - entre 450 e 650 pontos
- Gestão de Recursos Humanos - entre 450 e 630 pontos
- Gestão Financeira - entre 450 e 600 pontos
- Jornalismo - entre 530 e 570 pontos
- Letras - entre 450 e 600 pontos
- Medicina - entre 700 e 800 pontos
- Nutrição - entre 550 e 700 pontos
- Odontologia - entre 600 e 700 pontos
- Pedagogia - entre 450 e 650 pontos
- Psicologia - entre 600 e 700 pontos

O FIES tem uma diferença importante em relação ao Sisu e ao ProUni: os candidatos interessados podem usar a nota de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

O programa também abre inscrições duas vezes ao ano. Fique de olho nas datas.

Onde estudar com a nota do Enem 2017

O Enem ainda oferece outro benefício que você talvez não conheça: o ingresso direto. Com ele dá para conseguir vaga em faculdade privada sem ter que fazer vestibular.

Funciona assim: o candidato apresenta a pontuação que obteve em qualquer edição do Enem e, caso tenha o necessário para passar (os valores variam de acordo com o curso), basta fazer a matrícula.

O segredo para se dar bem no ingresso direto é buscar faculdades que sejam bem avaliadas pelo MEC e ofereçam cursos de qualidade na área que você procura.

Quer conhecer algumas? Então dê uma olhada na lista a seguir:

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
Universidade de Franca (UNIFRAN)
Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS) - em Minas Gerais

Todas as faculdades acima participam do ProUni e do FIES, além de promoverem iniciativas próprias que facilitam a vida financeira do estudante, como bolsas, descontos, convênios e financiamentos sem burocracia.

Está ansioso para participar dos processos seletivos que usam a nota do Enem? Conte para a gente em qual deles você vai concorrer!

Guia da carreira

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade