PUBLICIDADE

'É muito facinho': Jovem de 14 anos viraliza resolvendo questões do vestibular mais difícil do Brasil

Gustavo leva os estudos como um hobby e gosta de ajudar outros estudantes a se prepararem para o vestibular

26 fev 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
Estudante de 14 anos viraliza ao resolver questões de vestibular do ITA: 'Facinho':

É em meio a complexas equações --que ele promete serem fáceis de resolver-- que Gustavo, um garoto de apenas 14 anos de Araçagi, na Paraíba, arrumou seu espaço na internet. O jovem viralizou no TikTok dando dicas e ajudando a resolver questões do vestibular considerado o mais difícil do Brasil, o do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). 

As "Dicas do Guga", como nomeou seu perfil, já alcançaram milhões de visualizações. Só no TikTok, já são mais de 260 mil seguidores, e na rede vizinha, o Instagram, são 29 mil. O vídeo mais assistido de Gustavo acumula 3,6 milhões de views na plataforma.

Segundo ele, a ideia é falar sobre matemática, um assunto que para muitos estudantes é complexo, de forma descontraída, usando gírias e muito bom humor. Mas a fórmula que fez sucesso levou tempo para ser aperfeiçoada. Gustavo conta que faz vídeos com dicas de estudos desde meados de 2021, mas foi quando entrou para o TikTok que começou a ganhar notoriedade.

"Fui aprimorando a minha didática, fui tentando aproximar mais o ouvinte com gírias, alguns dialetos, para ele se aproximar mais da aula, principalmente por ser matemática, que muita gente não gosta", conta Gustavo, que diz que foi a partir daí que seus vídeos começaram a viralizar.

Gustavo Viana criou o canal "Dicas do Guga" no TikTok e viralizou resolvendo questões de vestibular
Gustavo Viana criou o canal "Dicas do Guga" no TikTok e viralizou resolvendo questões de vestibular
Foto: Arquivo pessoal/Gustavo Viana

O jovem tiktoker afirma que a habilidade com matemática sempre existiu, e que ele busca ajudar outros estudantes em época de vestibular mostrando que questões das provas consideradas mais difíceis podem ter soluções simples.

"Tem algumas questões que eu resolvo de alguns vestibulares. Colégio Naval, ESA e tal. Obviamente que não são as questões mais difíceis, porém, são algumas questões, digamos que médio, mais para fácil. Porém, muitas pessoas têm dificuldade. Então, eu tenho que mostrar que existem, sim, questões que, por mais que sejam de alguns vestibulares, a gente pode entender e ir sempre melhorando", explica.

O segredo é ter uma boa base em matemática básica, ele diz. Além disso, a busca incansável pelo aprimoramento e por mais conhecimento é um diferencial de Gustavo. Ele revela que poucas coisas que ensina em seu canal, aprendeu na escola, que tem mais foco em preparar os alunos para o Enem. Ele mesmo prefere buscar problemas matemáticos na internet.

"Fui pesquisando listas de exercícios, por exemplo, do Colégio Naval, analisando o conteúdo bacana de matemática básica e consegui explicar bem. Mas sempre tive interesse pela matemática, sempre gostei."

Além de matemática, Gustavo também ajuda colegas na escola com história, geografia, química, física e biologia. "Tenho uma boa facilidade de aprendizado, consigo realmente fixar aquele assunto, e vou logo partir para a explicação, porque é a melhor forma de estudar. Eu já vou logo tentar explicar no meu quadro, porque se eu consigo, é porque estou aprendendo mesmo o conteúdo."

A inspiração para tanta dedicação vem da mãe. Ela faleceu em 2022, e era professora e mestra. Segundo Gustavo, ela também fazia vídeos para postar nas redes sociais explicando o conteúdo, mas da disciplina de Português. "Eu me inspirei nela para fazer esses vídeos. Ajudou muito, me inspirou."

Outro hobby

Estudar não é o único passatempo de Gustavo. Futuro engenheiro mecânico, ele gosta de montar parques de diversão em miniatura. As maquetes são totalmente funcionais, e os brinquedos de modelismo se movem como os de verdade.

"Eu faço por hobby. Reproduzo os parques reais com materiais recicláveis, tipo palito de picolé, de churrasco, papelão, cola quente...", diz Gustavo.

Quando não está criando brinquedos em miniatura, Gustavo volta para as redes sociais. "Meu principal objetivo é ajudar as pessoas que têm dificuldade com matemática básica. Esse é um dos motivos que nos meus vídeos, no meu canal, não tem, por exemplo, a predominância de conteúdos muito complexos. Porque eu sei que eu não vou conseguir atingir um público que eu quero ajudar."

Futuramente, ele pretende investir em seu canal para alcançar um público ainda maior. "Eu pretendo, sim, investir no canal, mas ainda tenho alguns anos para analisar isso. Eu criei como um hobby, não esperava que ia tomar toda essa proporção, a nível nacional."

E qual é o segredo para ser um bom estudante? Para Gustavo, é a humildade. "Vale a pena também mostrar para as pessoas que com esforço, determinação, você consegue fazer. E, obviamente, tem que ter humildade. Começar com as [questões] mais fáceis e sempre ir crescendo. Porque eu não sei de tudo, mas eu faço de tudo pra tentar explicar as questões que eu sei pros meus seguidores", conclui.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade