0

Esporte e recreação: qual a história da peteca?

De regras simples, o jogo da Peteca se assemelha ao voleibol e o Badminton.

1 ago 2018
10h43
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A prática do jogo de Peteca pode-se dizer, é uma criação puramente brasileira. O Brasil ainda não havia sido descoberto pelos portugueses e a peteca já era popular entre os nativos da região: os índios. Junto dela, faziam-se canções e danças para acompanhar. Dessa forma, com o passar do tempo e a permanência da prática da peteca pelos portugueses, as gerações que sucederam também pegaram o hábito de jogá-la. Atualmente, admiradores que variam de crianças a idosos, usufruem desse jogo nos seus momentos de lazer, sendo realizado nos clubes, nas praias, nos parques e outros locais.

Foto: DINO / DINO

Foi em 1920, na V Olimpíada - realizada na Antuérpia - que a peteca apareceu pela primeira vez. Os brasileiros, a fim de se aquecerem para as provas, pegaram as petecas e começaram a fazer movimentos com elas. Com isso, outros atletas viram aquilo e ficaram muito curiosos para saber o que era. Dr. José Maria Castelo Branco que, na época era chefe da Delegação Brasileira, viu-se, por um momento, embaraçado pelos insistentes pedidos de regras formulados por técnicos e atletas finlandeses. Dessa maneira, o estado de Minas Gerais encarregou-se de trazer um viés competitivo ao jogo, realizando jogos internos nos clubes pioneiros de Belo Horizonte.

Pouco tempo depois, mais precisamente em 1973, as regras para a peteca surgiram, fazendo com que a Federação Mineira de Peteca - FEMPE - fosse criada. Dois anos mais tarde, em 1975, a prática do jogo da Peteca foi reconhecida como esporte. No entanto, apenas em 17 de agosto de 1985 que foi oficializado, em Brasília. Em 1986 a Confederação Brasileira de Desportos Terrestres (CBDT) nomeou o desportista Walter José dos Santos, para dirigir seu Departamento de Peteca. Um ano após isso, em 1987, foi realizado o primeiro campeonato de peteca.

A Secretaria de Educação Física e Desporto do MEC fez uma ampla divulgação, trazendo ao esporte uma grande popularidade que o fez se espalhar para diversos cantos do Brasil, como Distrito Federal, Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Regras da Peteca

De regras simples, o jogo da Peteca se assemelha ao voleibol e ao Badminton, por ser jogado, como ambos, num campo dividido pela rede central. Em síntese, individualmente ou em dupla os participantes devem passar a peteca entre si a fim de evitar que ela caia em áreas definidas. A quadra apresenta, se for um jogo de duplas, dimensões de 15,0 m x 7,5 m, enquanto individual 15,0 m x 5,0 m. A rede varia de acordo com a idade e o sexo do praticante, sendo a altura da rede para a categoria masculino de 2,43 m e para o feminino 2,24 m. Ademais, cada set dura 16 minutos cronometrados de peteca em jogo, salvo se algum dos lados fizer 25 pontos antes desse tempo.

Vantagens de se praticar Peteca

Por ser um esporte aeróbico, a aptidão física do participante é aumentada;
Pouco espaço para praticar;
Esporte no qual todos podem participar, sem restrição de sexo ou idade;
Não tem custo alto;
Se faz muitos amigos praticando;
Serve para relaxar;
Ótima opção para lazer.

Opções para jogar

Agora que você já viu como pode ser proveitoso jogar peteca, no Santa Mônica Clube de Campo você pode praticar o esporte nas quadras externas e no Ginásio Poliesportivo. O Clube também dispõe de inúmeras modalidades esportivas, além de oferecer outras atividades culturais e de lazer aos seus associados.

Acesse https://www.santamonica.rec.br/



Website: https://www.santamonica.rec.br/

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade