3 eventos ao vivo

Pandemia retém apresentadora de TV longe dos filhos

Viviane Alves está na Espanha e não consegue voltar ao Brasil em razão dos desdobramentos da crise sanitária na Europa

22 mai 2020
14h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A apresentadora de TV Viviane Alves vive um drama há vários meses, desde que viajou para a Espanha, em setembro do ano passado, a fim de conduzir um evento de premiação na cidade de Marbella, na província de Málaga. Estava grávida de seis meses, sentiu-se mal e recebeu a orientação de não voltar para o Brasil, naquele período, para não pôr em risco a vida do menino Juan Augusto, que nasceria em dezembro. Seguiu as orientações médicas, em que pese a saudade dos outros três filhos, todos moradores de Santo André (SP).

Por fim, quando a situação parecia se normalizar e a documentação de Juan já estava bem encaminhada para que tivessem a autorização de deixar a Espanha, a pandemia da covid-19 chegou de forma avassaladora. Com a interrupção de alguns serviços naquele país, o passaporte do bebê não ficou pronto e Viviane teve de permanecer por lá, abrigada na casa de uma amiga, Marcela Andrea Bastos.

Apresentadora de TV está sem poder deixar a Espanha: saudade dos três filhos no Brasil
Apresentadora de TV está sem poder deixar a Espanha: saudade dos três filhos no Brasil
Foto: Divulgação

Desde então, mantém contato permanente com os outros filhos (Pedro, 15 anos, Enzo, 11, e Victoria, 6), com os quais não pôde passar pela primeira vez o Natal e o Ano Novo, além de ter sido privada da companhia das crianças no último aniversário de cada uma delas.

“É de cortar o coração essa distância. Eles são muito preocupados comigo e vice-versa. Tenho medo que lhes aconteça alguma coisa. Há esse entrave burocrático que não permite a viagem do Juan por falta de documentos. As notícias do Brasil, com relação à pandemia, são assustadoras. Aqui na Espanha, embora o país esteja superando a fase crítica, não é muito diferente”, disse Viviane, que apresenta ‘Fama e Destaque’ no canal 3 da NET – programa semanal cujas gravações estão suspensas em decorrência da propagação da covid-19.

O que a tranquiliza um pouco é que seus filhos no Brasil estão sob cuidados de parentes zelosos que lhe transmitem segurança no dia a dia. Todos na expectativa da apresentação do pequeno Juan, fruto de uma gravidez que ela quis assumir sozinha.

Viviane depende da documentação de seu filho Juan para voltar ao Brasil
Viviane depende da documentação de seu filho Juan para voltar ao Brasil
Foto: Divulgação

“Mesmo assim, coração de mãe é único. O Pedro me pergunta todo dia se eu almocei e jantei direitinho. Ele, Enzo e Victoria estão doidos para conhecer o irmãozinho. Agora, em maio, passei longe deles também o Dia das Mães. É uma sensação que não dá para descrever.”

Enquanto lida com a situação imprevista e atípica, Viviane alimenta esperanças de que seu advogado consiga agilizar a emissão do documento de Juan. O próximo encontro do profissional com a cliente está marcado para 7 de junho. “Ficar longe de quem a gente ama, ainda mais nas circunstâncias atuais, é muito doloroso. Espero que ele possa me trazer ótimas novidades nessa data!”

 

Veja também:

Segunda onda de covid-19 na Europa
Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade