PUBLICIDADE

Número de testes positivos de covid é o maior em dois meses, diz Conass

Os dados reforçam o alerta emitido pela pasta sobre a necessidade de cautela e reforço às medidas de controle da doença no País

30 mai 2022 - 13h01
Ver comentários
Publicidade

O número de novos casos de covid-19 apurados na semana de 22 a 28 de maio no Brasil é o maior em 2 meses, totalizando 166.777 contágios contra os 214.913 registrados de 20 a 26 de março, segundo dados do Painel Nacional da Covid-19 do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

Os dados reforçam o alerta emitido pela pasta sobre a necessidade de cautela e reforço às medidas de controle da covid-19 no País. O fim das medidas de restrição somado a estagnação no avanço das coberturas vacinais representa um grave risco para o surgimento de novas ondas e variantes do vírus.. “Estamos preocupados com a interrupção do comportamento de queda de casos, com nova tendência de crescimento, que poderá repercutir nas próximas semanas em aumento de internações e óbitos”, alertou o assessor técnico do Conass, Nereu Henrique Mansano.

A entidade alertou que, apesar da publicação de portaria pelo Ministério da Saúde declarando o encerramento da Emergência Saúde Pública de Importância Nacional, o momento ainda exige cautela. “Precisamos entender que o cenário do segundo semestre pode ser de risco se nós não assumirmos uma grande campanha nacional de vacinação para alcançar a meta de 90% de cobertura vacinal em 90 dias”, disse o presidente da pasta, Néssio Fernandes.

Homem realiza teste de covid-19
Homem realiza teste de covid-19
Foto: Reuters

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) também divulgou na semana passada um  boletim sobre a tendência de aumento dos casos de covid no Brasil. O Boletim Infogripe da Fiocruz demonstrou que os casos de covid voltaram a predominar entre as causas de internação por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e já respondem por 41,8% dos registros.

 

 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade