1 evento ao vivo

EUA têm quase 70 mil casos do novo coronavírus

País caminha a passos largos para ultrapassar Itália e China

26 mar 2020
08h07
atualizado às 08h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Apesar do otimismo do presidente Donald Trump em querer "reabrir" a economia antes da Páscoa, os Estados Unidos caminham a passos largos para se tornar o país com o maior número de casos do novo coronavírus em termos absolutos.

Pessoas caminham com máscaras pela Times Square, em Nova York
Pessoas caminham com máscaras pela Times Square, em Nova York
Foto: Eduardo Muno / Reuters

Segundo o balanço em tempo real feito pela Universidade John Hopkins, dos EUA, o país já tem 69,2 mil contágios, atrás apenas da Itália (74,4 mil) e da China (81,7 mil). Além disso, mais de 1 mil pessoas morreram com o novo coronavírus em solo americano.

O estado mais atingido é Nova York, com mais de 30 mil contágios e de 300 óbitos. Os EUA vêm registrando mais de 10 mil casos por dia e, nesse ritmo, podem ultrapassar Itália e China até o fim da semana.

Em termos relativos, no entanto, o país tem 21 mil contágios para cada 100 mil habitantes, ainda muito distante de nações como Itália (123/100 mil hab.), Suíça (128/100 mil hab.) e Islândia (208/100 mil hab.), que lidera o ranking quando não se leva em conta micropaíses, como San Marino (616/100 mil hab.) e Vaticano (500/mil hab.).

Para combater a pandemia, o Senado dos Estados Unidos aprovou por unanimidade um plano sem precedentes de US$ 2 trilhões, dinheiro que será usado sobretudo para apoiar a economia. O projeto ainda precisa do aval da Câmara e inclui a destinação de US$ 1,2 mil para cada americano adulto e de US$ 500 por criança, para famílias que ganham menos de US$ 150 mil por ano.

O texto também prevê cerca de US$ 500 bilhões em empréstimos e ajudas para empresas, incluindo US$ 30 bilhões para o setor aéreo, e outros US$ 100 bilhões para hospitais.

Veja também:

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade