PUBLICIDADE

Butantan recebe na segunda insumos da CoronaVac, diz Covas

Material será suficiente para a produção de mais de 5 milhões de doses da vacina contra covid-19

14 abr 2021 13h27
| atualizado às 13h48
ver comentários
Publicidade

O Instituto Butantan receberá na próxima segunda-feira uma remessa de insumo farmacêutico ativo (IFA) da CoronaVac suficiente para a produção de mais de 5 milhões de doses da vacina contra covid-19, disse nesta quarta-feira o presidente da instituição, Dimas Covas.

Funcionário organiza ampolas com a CoronaVac no centro de produção do Butantan
22/01/2021
REUTERS/Amanda Perobelli
Funcionário organiza ampolas com a CoronaVac no centro de produção do Butantan 22/01/2021 REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: Reuters

"Hoje nós recebemos a confirmação da chegada de 3 mil litros de matéria-prima para o dia 19, e isso permitirá a produção de mais de 5 milhões de doses que serão entregues para completar o primeiro contrato com o ministério e já iniciar o segundo contrato de 54 milhões", afirmou ele em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, ao qual o Butantan é vinculado.

Mais cedo, em entrevista coletiva na sede do instituto, Covas disse que o Butantan depende da chegada de IFA enviado pelo laboratório chinês Sinovac até o dia 20 para cumprir o prazo de entrega de 46 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde até o final do mês.

Ele disse que o período de 20 dias entre a chegada do IFA e a entrega das doses é um prazo máximo e que o Butantan buscará encurtar esse período.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade