1 evento ao vivo

Conheça a história de Felipe Winston e a sua incrível estratégia WIN

15 jun 2020
14h18
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Felipe Winston (@felipewinston) ensina um Modelo aprendido em Harvard e aplicado em Mentoria para levar sua empresa para o próximo nível.

Felipe Winston
Felipe Winston
Foto: Felipe Winston / JayPRO

Quem é Felipe Winston?
Felipe Winston(@felipewinston), casado, pai de 3 meninas. Nasceu numa família de classe média no Bairro da Tijuca, Rio de Janeiro. Os seus pais vieram de origem humilde; sendo que o seu pai morou boa parte da infância de Felipe em Casa de Cômodo, com outras famílias, e chegou a trabalhar de Engraxate e Marmiteiro. A custa de muito esforço, fez CPOR e, depois de 2 anos de estudo, conseguiu entrar no Curso de Engenharia da UEG (atual UERJ) na época do boom do Brasil. Isso fez com que ele subisse de classe social e pudesse cuidar, junto sua minha mãe, de 3 filhos.
Felipe se formou em Engenharia na U.F.R.J., CUM LAUDE, em 1996. Apesar de ter tido boas propostas optou por ir trabalhar na pequena empresa de Perícias do seu Pai. "Naquele momento o que eu realmente buscava era certa liberdade para curtir a vida, pois tinha tido 5 árduos anos, onde fiz Faculdade em período integral; era capitão da equipe de Handball do C.R. Flamengo e ainda, nas poucas horas que sobravam, era Modelo (muito mais para conhecer mais mulheres e entrar de graça nas Boates do RJ...ninguém é de ferro! rs)." Conta Felipe.

                                                                       

Foto: JayPRO

Dando um novo rumo a sua vida
Depois de 5 anos trabalhando 7 semanas seguidas e depois tirando 10 dias para curtir Festas no Brasil e no mundo, o mesmo acabou percebendo que tinha chegado a hora de dar outra guinada na sua vida. 
Foi morar em Nova York em 2001 para fazer o seu TOEFL e GMAT para aplicar para um MBA em Harvard. Voltou para o Brasil em Maio para preparar todo o Aplication e em Setembro o mundo "explodiu" junto com as Torres Gêmeas. 
"Naquele momento as incertezas eram enormes, não só sobre novos ataques terroristas, mas também econômicas e financeiras. Por essas razões desisti do Projeto MBA em Harvard e decidi procurar no Rio de Janeiro o que tinha de mais parecido naquela época. Achei o Mestrado de Administração da COPPEAD / UFRJ e o IAG da Católica do RJ." Afirma Felipe Winston.

Felipe decidiu ir para PUC. Fez prova da ANPAD e conseguiu ter Bolsa de Estudo. Com certeza foi uma decisão acertada, pois nessa Universidade ele foi exposto a um ambiente bem mais empreendedor do que na Federal. 
"Minha intenção era, mais uma vez, me formar com destaque para poder ser novamente procurado por Head Hunters para entrar no Mundo das Grandes Corporações. Nessas coincidências, ou melhor, nada é por acaso... meu pai me passou, nos 2 anos que estava no Mestrado, um Projeto grande que chegou no escritório. Foi algo que me tomou 6 meses para conseguir entregar para o primeiro cliente, mas depois disso passei a ser a única pessoa no Brasil a entender desse assunto e tinham mais 200 grandes Empresas precisando do meu trabalho. Aí aprendi uma das Primeiras Grandes Lições da minha Jornada Empreendedora: Seja o melhor em algo e será recompensado por isso! Olha a ironia... ganhei bastante dinheiro aos 26 anos e passou a não fazer mais sentido trabalhar para os outros. Mas queria mais do que apenas o pequeno negócio da família." Relata Felipe.

Uma visão de mercado extraordinária
"Em 2003, com 28 anos, depois de analisar alguns Novos Negócios, montei uma Distribuidora de Materiais Médicos. Estava finalizando meu Mestrado em Administração e pude usar na prática toda teoria aprendida nesses 2 anos de Curso. Pude, rapidamente, perceber as carências do mercado. Mais uma vez resolvi fazer tudo diferente e criei uma empresa mais profissionalizada. " Relata o empresário.
"Trouxe pessoas muito melhor que eu nas suas áreas. Obviamente, nos 5 primeiros anos, tive que fazer de tudo um pouco; até a empresa ganhar um tamanho que propiciou Eu focar mais na Estratégia. Eu brincava que enquanto meu time trabalhava no hoje Eu estava projetando o mercado 2 anos a frente e já construindo o "telhado". Deixava para meu time a tarefa de construir as "fundações e paredes" para estarmos prontos para as mudanças que viriam nesses 2 anos. Sempre busquei me atualizar através de cursos e também fiz parte de um Fórum de empresários chamado Renaissance durante 3 anos. Depois disso tomei o que considero uma das decisões mais acertadas. Contratei um Mentor, que ficou 3 anos comigo. Era um executivo 20 anos mais velho e que já tinha chegado aonde eu desejava chegar. Ele me ajudou não só profissionalmente, mas também no âmbito pessoal, me mostrando várias armadilhas que poderiam estar por vir. Foi numa dinâmica anual do Renaissance que ouvi falar do curso OPM (Owner and President Management)." Acrescenta Felipe.

Felipe Winston - Acabando com a sua angústia de não conseguir crescer
Começou sua carreira em 1997 na empresa de engenharia da família, onde trabalhou por 7 anos. Fundou a Mega Surgical, sendo dono e CEO de 2003 até 2016, quando recebeu oferta de compra da sua empresa por uma multinacional americana de capital aberto. Tornou-se Country Manager da Nuvasive Brazil. Em 2017 criou o modelo de mentoria WIN para pequenas e médias empresas brasileiras.
Se você tem a ambição de levar sua empresa para o próximo nível e quer acabar com a angústia por não conseguir crescer, captar novos clientes e ter um direcionamento estratégico que te guie e proporcione um dia se tornar case de sucesso, com a qualidade de vida e independência financeira que tanto sonha, então você precisa implementar a ESTRATÉGIA WIN:
O segredo da Estratégia WIN  para o sucesso da sua empresa é 30% estratégia e 70% execução, na mentoria você tem direito ao conhecimento das primeiras sessões de Felipe em formato de curso online. 
É um modelo de negócios que foi desenvolvido em Harvard, baseado em 8 pilares que toda empresa precisa ter para chegar da maneira mais rápida e sustentável no próximo nível.

À essa altura do campeonato você já percebeu que não é perfil de Felipe Winston enrolar ninguém. O jogo é limpo, ele quer que você decida fazer parte do Estratégia WIN porque enxerga o devido valor que ela oferece. 
Você precisa estar decidido mudar de mindset igual Felipe propõe, ou melhor, igual Harvard propõe. Você precisa estar disposto a executar, porque estratégia sem execução não leva a lugar nenhum.

Veja também:

'Passei a odiar meus pais': o relato de um homem submetido a tratamento de 'cura gay'
JayPRO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa JayPRO e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade