PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

RJ: MP faz campanha de combate ao bullying nas escolas

28 nov 2014 - 17h26
Compartilhar
Exibir comentários

As práticas positivas das escolas em relação ao bullying estão sendo discutidas nesta sexta-feira no segundo Encontro Estadual do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) pela Paz nas Escolas. A cartilha Bullying 2014 foi lançada em evento que mostrou algumas medidas de prevenção nas escolas, análise pedagógica e jurídica, além de apresentações da experiência de grupo de estudo que lida diretamente com os casos.

O encontro é focado na prevenção para diminuir e evitar o bullying. A proposta é abordar o tema e mostrar para os profissionais de educação a necessidade de abrir cada vez mais o espaço para ouvir os alunos e os pais.

De acordo com a coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Promotoria de Educação do Ministério Público, Bianca Mota de Moraes, o assunto tem ganhado visibilidade cada vez mais. No entanto, destacou, ele sempre existiu.

"A difusão é maior, então, talvez por isso a nossa sensação seja de que esses casos aumentaram. Na verdade, eles sempre existiram e foram tratados de forma diferente ao longo do tempo, tanto pelas famílias quanto pelas escolas”, disse Bianca.

A promotora de Justiça disse, ainda, que tem visto muitas pessoas interessadas em tratar do tema de com uma abordagem mais moderna. Segundo ela, a situação tem sido encarada como uma questão que envolve a escola e a família dos estudantes. "A gente já começa um movimento que não é mais de se eximir das responsabilidades. As pessoas têm tomado consciência do quanto isso repercute na vida de todos nós e têm se mostrado dispostas a colaborar”.

A prevenção do bullying requer conhecimento para dar limites, fazer escolhas seguras e algumas habilidades necessárias para diminuir a vitimização. De acordo com a psicóloga Juliana Schweidzon Machado, as pessoas têm habilidades para saber se comunicar melhor, se defender melhor e se posicionar melhor frente aos problemas que surgem, diminuindo as chances de ser vitimizada.

Agência Brasil Agência Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade