PUBLICIDADE

Política

'Desavergonhado comício eleitoral', diz Ciro sobre atos promovidos por Bolsonaro

"Bolsonaro transformou o 7 de Setembro dos 200 anos da independência no mais desavergonhado comício eleitoral já feito neste País", escreveu

7 set 2022 - 18h46
(atualizado às 19h13)
Compartilhar
Exibir comentários
'Desavergonhado comício eleitoral', diz Ciro sobre atos promovidos por Bolsonaro
'Desavergonhado comício eleitoral', diz Ciro sobre atos promovidos por Bolsonaro
Foto: CartaCapital / CartaCapital

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, usou as redes sociais para comentar o uso político feito pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, nas comemorações do 7 de Setembro e do Bicentenário da Independência, nesta quarta-feira, ao qual classificou como "desavergonhado comício eleitoral".

"Bolsonaro transformou o 7 de Setembro dos 200 anos da independência no mais desavergonhado comício eleitoral já feito neste País", escreveu no Twitter.  

O pedetista disse que houve outras transgressões políticas, institucionais e morais "seriíssimas". "Os brasileiros cobram uma ação da justiça!", completou.

Após o desfile em comemoração da Independência do Brasil, em Brasília, Bolsonaro subiu em um trio elétrico de onde discursou aos seus apoiadores. Sem citar nomes, fez críticas ao Supremo Tribunal Federal e ao Congresso. "Vamos convencer quem pensa contrário", disse, prometendo colocar "dentro das quatro linhas" todos que ousarem ficar "fora delas". Por fim, reforçou o discurso anticomunista para atingir seu principal oponente, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e em defesa da pauta de costumes, contra aborto, legalização das drogas e a ideologia de gênero.

Em Copacabana, no Rio de Janeiro, último compromisso do dia da agenda do presidente, ele repetiu o discurso, e novamente se referindo ao PT, disse que o seu governo respeita a Constituição, já "o outro lado, não".

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade