PUBLICIDADE

Bolsonaro acusa Barroso de querer eleições manipuladas

Presidente afirmou que o ministro trabalha contra a aprovação do voto impresso

2 ago 2021 10h56
| atualizado às 11h02
ver comentários
Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro acusou nesta segunda-feira o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, de "querer eleições manipuladas" ou que possam "trazer incertezas no futuro" e afirmou mais uma vez que Barroso trabalha contra a aprovação do voto impresso.

Presidente Jair Bolsonaro em Brasília
30/07/2021 REUTERS/Adriano Machado
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília 30/07/2021 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Em entrevista à rádio ABC, do Rio Grande do Sul, Bolsonaro voltou a atacar o ministro, o TSE e o Supremo Tribunal Federal (STF), a quem acusa de agir contra a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição que propõe mudanças nas urnas eletrônicas.

Bolsonaro disse ainda que Barroso está "passando dos limites há muito tempo" e que precisa "baixar a crista".

O presidente do TSE --que não estará no cargo nas eleições de 2022-- é contrário a mudança no sistema eletrônico e foi colocado por Bolsonaro como principal responsável pelo risco de derrota da proposta do voto impresso ainda na comissão especial da Câmara, apesar de 10 presidentes de partidos, inclusive alguns do centrão, portanto aliados do presidente, terem fechado questão contra a aprovação.

Perguntado se, mesmo sem o voto impresso seria candidato à reeleição, Bolsonaro desconversou e não respondeu. Disse apenas que quem disputa eleição não pode perder e reclamar depois, já que cabe ao TSE e depois ao STF julgar eventuais recursos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade