PUBLICIDADE

Polícia

Policial militar morre após ser baleado durante treinamento em SP

A corporação publicou uma nota de pesar e alegou que os motivos ainda serão esclarecidos

28 jan 2023 - 11h16
Compartilhar
Exibir comentários
Policial Militar Mateus Godoi foi atingido por um tiro no pescoço
Policial Militar Mateus Godoi foi atingido por um tiro no pescoço
Foto: Divulgação/PM e Arquivo pessoal/Reprodução/Facebook

O policial militar Mateus Fernandes Godoi, de 25 anos, teve morte cerebral decretada nesta sexta-feira, 27, em Bauru (SP). Ele foi atingido por um tiro no pescoço disparado por um colega de farda enquanto eles realizavam um treinamento na última quarta-feira, 25. Mateus era soldado da PM e atuava no 13º Batalhão de Ações Especiais (BAEP).

Em nota de condolências divulgada pela Polícia Militar, o órgão afirma que a ocorrência se deu por volta das 17h30, e que "por motivos ainda a serem esclarecidos, ocorreu um disparo acidental de arma de fogo e atingindo a região do pescoço."

A PM informou ainda que o policial foi imediatamente atendido por policiais especializados em atendimento pré-hospitalar e socorrido ao Hospital de Base de Bauru, onde passou por procedimento cirúrgico e permaneceu em observação, quando na sexta-feira, por volta das 16h20, não resistiu ao ferimento e sua morte encefálica foi atestada.

Segundo a nota, assinada pelo tenente-coronel Fábio Domingues Pereira, comandante do 13º BAEP, Mateus estava há quatro anos na corporação. Ele é filho de um tenente da reserva da PM, e deixa a esposa, Fernanda.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade