PUBLICIDADE

PM mata vizinha e atira em grávida durante briga em SP

Discussão entre vizinhos terminou com disparo de tiros e morte em bairro da zona norte da capital paulista

23 mar 2015 07h53
| atualizado às 07h59
ver comentários
Publicidade
Briga entre vizinhos terminou em morte na zona norte da capital paulista
Briga entre vizinhos terminou em morte na zona norte da capital paulista
Foto: Nivaldo Lima / Futura Press

 

Uma briga entre vizinhos terminou com a morte de uma mulher e duas pessoas feridas, incluindo uma gestante de seis meses na noite deste domingo, na zona norte de São Paulo. Segundo informações do Bom Dia SP, o autor do crime é um policial militar que se envolveu na discussão e acabou disparando vários tiros.

Durante a briga, o PM atingiu e matou Jurema Cristiane Bezerra da Silva e feriu, também a tiros, o irmão dela e a nora, que estava grávida de 6 meses. Gabriela Rocha foi levada ao hospital em estado estável, com um tiro no rosto e outro na barriga. Segundo familiares, médicos fizeram um parto de emergência e o bebê, uma menina, está em observação em uma incubadora.

O motivo da confusão foi uma casa no conjunto habitacional Jova Rural. Há um ano a sobrinha de Jurema recebeu o direito de morar na casa, que de acordo com familiares, havia sido invadida pela irmã do policial. O marido de Jurema disse que chegou a prestar queixas contra o policial diversas vezes, tanto no batalhão quanto na corregedoria da Polícia Militar.

No final da madrugada, o policial militar acabou se entregando à polícia.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade