1 evento ao vivo

Delegado irá a Rocinha nesta sexta ouvir PMs e familiares de Amarildo

Barbosa indicou que, após ter todos os depoimentos necessários, pretende fazer a reconstituição dos passos do pedreiro na favela

1 ago 2013
21h34
atualizado às 21h40
  • separator
  • 0
  • comentários

O delegado Rivaldo Barbosa, titular da Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro, irá até à favela da Rocinha, nesta sexta-feira, para ouvir policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade, e familiares do pedreiro Amarildo de Souza, que está desaparecido desde a noite do dia 14 de julho. Barbosa começou a investigar o sumiço do pedreiro nesta quinta-feira, e já tomou o depoimento de dois dos filhos de Amarildo. O delegado não revelou o teor do que foi falado pelos rapazes.

<p>ONG Rio de Paz fez um protesto no Cristo Redentor com uma faixa com os dizeres: 'Onde está Amarildo?'</p>
ONG Rio de Paz fez um protesto no Cristo Redentor com uma faixa com os dizeres: 'Onde está Amarildo?'
Foto: Rio de Paz / Divulgação

Barbosa indicou que, após ter todos os depoimentos necessários, pretende fazer a reconstituição dos passos do pedreiro na favela, até desaparecer. Amarildo sumiu depois de ter sido levado para uma base da UPP da favela da Rocinha por policiais militares. Ele foi considerado suspeito, ao ser confundido com um traficante da favela. Desde então, o pedreiro não foi mais visto. 

“Ainda não há uma definição sobre a reconstituição. Primeiro, temos que ouvir todas as pessoas que possam ajudar nas investigações”, declarou, na noite desta quinta-feira.

O secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, esteve na delegacia para acompanhar o início das investigações na delegacia especializada. Ele classificou o sumiço de Amarildo como um “fato grave”, e afirmou que deseja ter a resposta sobre o paradeiro do pedreiro o quanto antes. Beltrame garantiu que possíveis culpados serão punidos.

“Não podemos trabalhar com especulações. Se houver provas, doa a quem doer, haverá punições”, observou.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade