PUBLICIDADE

Cidades

Português é preso no interior de SP em operação contra tráfico de bebês

A Polícia Federal investiga um esquema de tráfico de recém-nascidos do interior de São Paulo para a Europa

4 dez 2023 - 21h10
(atualizado às 23h18)
Compartilhar
Exibir comentários
O homem foi preso no final da manhã desta segunda-feira, 4
O homem foi preso no final da manhã desta segunda-feira, 4
Foto: Reprodução/TV Globo

Um português foi preso preventivamente, na manhã desta segunda-feira, 4, em Valinhos, interior de São Paulo, em uma operação da Polícia Federal contra o tráfico internacional de bebês. Segundo a PF, crianças recém-nascidas eram enviadas do Estado de São Paulo para a Europa.

A investigação começou no último dia 30 de novembro. Na ocasião, o Ministério Público de São Paulo denunciou à PF uma situação estranha: um bebê recém-nascido em Valinhos, que ainda está no hospital, havia sido abandonado pela mãe e foi registrado como filho de um homem de nacionalidade portuguesa.

Surgiu, então, a suspeita de um possível tráfico internacional de bebês. Foi verificado que, em menos de um mês, o mesmo português havia registrado uma outra recém-nascida como sua filha, no mesmo hospital.

A Polícia Federal constatou que esses registros de paternidade foram feitos com uso de documentos falsos, acompanhados de pedidos de guarda unilateral dos bebês. Assim, ele podia sair do País sem a anuência da mãe.

A Operação Deverra cumpriu também quatro mandados de busca pessoal e um mandado de busca e apreensão, em Valinhos e em Itatiba, também no interior paulista.

Pelos delitos apurados até o momento, os envolvidos poderão responder pelos crimes de tráfico internacional de crianças, registro falso, promoção de ato destinado ao envio de criança ou adolescente para o exterior com inobservância das formalidades legais ou com o fito de obter lucro, entre outros delitos que poderão ser melhor definidos após a análise do material apreendido, podendo a pena ultrapassar 18 anos.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade