1 evento ao vivo

Polícia prende suspeito de roubar ouro no aeroporto

Quadrilha roubou 720 quilos de ouro, avaliados em R$ 123 milhões

28 jul 2019
16h27
atualizado às 16h36
  • separator
  • 0
  • comentários

SÃO PAULO - A Polícia Civil de São Paulo prendeu na manhã deste domingo, 28, um suspeito de participar do roubo de 720 quilos de ouro que ocorreu no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na última quinta-feira, 25.

Em nota, os delegados Pedro Ivo Correa dos Santos e João Hueb, da 5ª Delegacia Patrimônio (Investigações sobre Roubo a Banco), comunicaram a prisão do suspeito, mas não deram detalhes sobre a identidade ou participação dele no crime. "O procedimento visa preservar a investigação e evitar desvios na linha de trabalho", explica a nota.

Material foi roubado no aeroporto de Guarulhos
Material foi roubado no aeroporto de Guarulhos
Foto: Bruno Rocha/FotoArena / Estadão Conteúdo

Na sexta-feira, a polícia já havia apreendido dois carros usados pelos criminosos durante o roubo. A suspeita é de que, logo depois da fuga, os criminosos tenham dividido o material, que estava em uma caminhonete clonada com identificação da Polícia Federal, entre os outros dois veículos.

Roubo milionário no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), para executar o roubo do volume de ouro estimado em R$ 123 milhões, os ladrões sequestraram parentes de um funcionário da transportadora Brinks que teria informações privilegiadas sobre o funcionamento do local e o embarque da carga. O sequestro teria acontecido na noite de quarta-feira, 24, e se estendido até esta quinta. Isso teria facilitado a ação criminosa, que foi executada com agilidade no início da tarde, às 14h20.

Duas viaturas clonadas foram encontradas abandonadas na zona leste da capital, em um terreno na Rua Papiro do Egito. Os investigadores acreditam que o grupo tenha trocado os veículos ao menos duas vezes para dificultar a localização pela polícia. Veículos suspeitos foram vistos circulando em alta velocidade na cidade de Guararema, na região metropolitana de São Paulo.

A PRF estima em 720 quilos a quantidade de ouro levada do local. O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), da Polícia Civil de São Paulo, é o responsável pela investigação.

A polícia acredita que ao menos oito pessoas tenham se envolvido diretamente no roubo. Os criminosos portavam fuzis, pistolas e carabinas. O transporte de ouro é considerado rotina da transportadora no aeroporto.

Veja também

 

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade