PUBLICIDADE

Pai e filha são presos por comercializar produtos contaminados pelas enchentes em Viamão

Produtos destinados ao descarte por rede de farmácias eram vendidos a preços baixos em grupos de WhatsApp.

21 jun 2024 - 15h48
Compartilhar
Exibir comentários

Um homem de 44 anos e sua filha de 21 anos foram detidos em flagrante pela Polícia Civil na última quinta-feira (20) em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A dupla vendia produtos contaminados pelas enchentes que deveriam ter sido descartados por uma grande rede de farmácias.

Foto: Polícia Civil/Divulgação / Porto Alegre 24 horas

A ação foi deflagrada após uma denúncia anônima e revelou a comercialização de itens impróprios para consumo. Os produtos, cobertos por lama, eram lavados de forma inadequada no pátio de uma residência no bairro Fiúza e vendidos a preços abaixo do mercado em grupos de WhatsApp, atraindo consumidores desavisados.

Segundo a delegada Jeiselaure de Souza, os itens representavam um alto risco à saúde da população devido à contaminação. Câmeras de monitoramento flagraram o descarregamento dos produtos na casa dos suspeitos. A ação rápida da polícia impediu a circulação de mais itens perigosos.

No local, foi identificada uma lanchonete com péssimas condições de higiene. A Vigilância Sanitária de Viamão interditou o estabelecimento, reforçando a importância da proteção da saúde pública.

Porto Alegre 24 horas
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade