PUBLICIDADE

Mulher dá à luz gêmeas sem saber de gravidez, e uma delas cai no vaso

Érica Santos pensou que estava com dor de barriga ao sentir as contrações do trabalho de parto

10 jul 2023 - 19h28
(atualizado em 11/7/2023 às 09h26)
Compartilhar
Exibir comentários
As gêmeas nasceram com aproximadamente 32 semanas, o que corresponde a cerca de 8 meses de gestação.
As gêmeas nasceram com aproximadamente 32 semanas, o que corresponde a cerca de 8 meses de gestação.
Foto: Roberto Carlos da Silva/Arquivo Pessoal

Uma mulher deu à luz a filhas gêmeas sem saber que estava grávida, em Inhumas, no interior de Goiás. Érica Santos contou ao Terra que pensou que estava com dor de barriga. As gêmeas nasceram na última quinta-feira, 6, e uma delas chegou a cair no vaso sanitário durante o trabalho de parto.

“Eu estava tomando banho para poder sair com a minha cunhada, mas senti como se fosse uma dor de barriga muito forte. Então, sentei no vaso e senti uma dor ainda maior nas costas”, contou. 

Após as dores ficarem ainda mais intensas, Érica explicou que chamou o filho de 5 anos e pediu para que ele trouxesse o celular, assim iria conseguir ligar para seu marido, Roberto Carlos da Silva, que estava fora de casa. 

“Quando o Roberto chegou em casa a bolsa logo estourou. Como eu achei que estava com dor de barriga, comecei a fazer força, mas logo uma das bebês nasceu, assim meu marido pegou e ligou para os bombeiros”, afirmou. 

Érica explicou que não se levantou pois ainda estava sentindo fortes dores e continuou fazendo força, até que a segunda neném nasceu e acabou caindo no vaso. "Eu pensei que fosse a placenta caindo e não outra criança, percebemos que era mais uma neném quando eu levantei e aí sim a placenta caiu e só por isso olhamos o vaso novamente e levamos um susto." 

Após a chegada dos bombeiros, a mãe e as pequenas, que receberam os nomes de Vivian e Vitória, foram encaminhadas para um hospital. Nesta segunda-feira, 10, Érika e Vivian receberam alta e já estão em casa, enquanto Vitória segue internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Maternidade e Hospital São Judas Tadeu, em Goiânia.

A mãe contou que Vitória deve ficar no hospital cerca de 20 dias para ganhar peso. “Como as meninas nasceram prematuras, e a Vitória nasceu ainda menor, ela precisa de mais 800 gramas para ter alta”, destacou. 

Érica contou que os médicos informaram que ela teve uma gravidez silenciosa, que é quando a mulher continua tendo os ciclos de menstruação e não sente nenhuma diferença em seu corpo. As gêmeas nasceram com aproximadamente 32 semanas, o que corresponde a cerca de 8 meses de gestação. 

“Eu estou processando essa história ainda, é difícil acreditar. A gente olha e nem acredita, mas foi um amor à primeira vista, agora o meu desejo é que elas cresçam felizes", finalizou.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade