PUBLICIDADE

MPT vai investigar caso de funcionários ajoelhados em restaurante Outback no Maranhão

O restaurante negou a prática de pedir que funcionários se ajoelhassem, apesar de usar uma política chamada de "eye level"

22 mar 2023 - 16h02
(atualizado às 17h25)
Compartilhar
Exibir comentários
Outback nega pedir que funcionários fiquem de joelhos para atender clientes
Outback nega pedir que funcionários fiquem de joelhos para atender clientes
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) recebeu, na terça-feira, 20, uma denúncia contra o restaurante Outback, em São Luís, após viralizar um vídeo em que uma cliente relata ter sido atendida por funcionários ajoelhados na unidade. Segundo o órgão, a situação vai ser apurada, podendo ser instaurado um inquérito civil ou o caso arquivado. Ao Terra, o restaurante afirmou ainda não ter recebido nenhuma intimação ou notificação. 

O Outback disse ainda que o caso se trata de um mal entendido, já que, segundo eles, nunca teriam obrigado funcionários a se ajoelhar. Segundo o restaurante, o Outback utilizava uma prática chamada de "eye level", que consiste em pedir ao funcionário que fique no mesmo nível dos olhos do cliente, mas que não necessariamente ajoelhados.

No vídeo que repercutiu na web, a advogada Ana Beatriz Isaias conta que ficou espantada ao visitar o novo restaurante Outback que havia inaugurado na capital maranhense.

"A mulher vem me atender e do nada ela abaixa. Eu não percebi de primeiro momento. Depois vem outro me atender, e a pessoa ajoelha de novo", conta Ana Beatriz, espantada.

A advogada então perguntou a uma funcionária o motivo da prática, que disse ser "tradição no Outback". 

"Ela me explicou que quando vem fazer o treinamento, eles dizem que devem ficar no alcance do olhar do cliente, no mesmo patamar do cliente", conta Ana Beatriz no vídeo. Acompanhada da irmã, ela lembra que chegaram a perguntar se a funcionária não sentia dor nos joelhos e a resposta foi positiva. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade