PUBLICIDADE

Cidades

Ladrões fazem arrastão e levam ao menos 40 celulares de cafeteria na região central de SP

Grupo de criminosos invadiu estabelecimento no bairro da Santa Cecília; polícia procura suspeitos

15 nov 2023 - 21h38
(atualizado às 21h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Assaltantes levaram cerca de 40 aparelhos celulares de cafeteria na Santa Cecília, região central de São Paulo
Assaltantes levaram cerca de 40 aparelhos celulares de cafeteria na Santa Cecília, região central de São Paulo
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil / Estadão

Quatro criminosos assaltaram clientes e funcionários de uma cafeteria na tarde desta quarta-feira, 15, no bairro da Santa Cecília, região central de São Paulo. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, os assaltantes levaram aproximadamente 40 celulares e uma quantia não divulgada do caixa do  estabelecimento comercial.

Quando as viaturas da corporação chegaram ao local, os bandidos já tinham fugido. Até o fim desta tarde, ninguém havia sido preso. Os policiais estão analisando as imagens das câmeras de segurança e afirmam que estão realizando investigações para prender os criminosos.

O assalto aconteceu na rua Barão de Tatuí, que concentra vários bares e restaurantes. De acordo com testemunhas, três homens usando máscaras cirúrgicas desceram de um carro e entraram na cafeteria; o quarto homem teria esperado o grupo. A Polícia Militar informou que eles fugiram em direção ao bairro de Higienópolis.

Outros arrastões já foram registrados na região no início do ano. Em janeiro, funcionários e frequentadores de dois bares, também localizados em Santa Cecília, tiveram seus aparelhos celulares roubados durante dois arrastões em menos de uma semana. Funcionários relataram que o crime mais comum no bairro é o furto de celulares por bandidos em bicicletas.

A SSP informa que realiza um esforço para fortalecer o policiamento ostensivo e preventivo na região central, com 120 policiais militares na Operação Impacto-Centro. A pasta informa ainda que disponibiliza mais de 1,5 mil vagas pela Atividade Delegada. A Polícia Civil informa que intensificou as operações de inteligência e policiamento especializado, com foco na identificação de traficantes e autores de crimes patrimoniais.

Ao longo do ano, no centro de São Paulo, foram registradas 4.932 prisões ou apreensões na região, representando um aumento de 29,7% em relação ao mesmo período de 2022, o que equivale a 1.128 detenções a mais nesse intervalo. Além disso, 107 armas de fogo foram retiradas das ruas, contribuindo para enfraquecer as atividades ilícitas na área.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade