3 eventos ao vivo

Frente fria derruba temperaturas no Sul e pode nevar

8 ago 2013
17h50
atualizado às 17h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma nova frente fria se aproxima do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, aumenta a velocidade dos ventos e provoca chuvas no Estado. A temperatura, que já diminuiu na região da Fronteira Oeste, deve cair fortemente em todas os municípios. Segundo a Climatempo, a ventania deve continuar até amanhã e há risco de temporais em toda a região Sul.

Confira a previsão do tempo na sua cidade
Saiba como se calcula a sensação térmica

De acordo com a meteorologista Josélia Pegorim, há pequena possibilidade de nevar no sábado no Sul. “Até o sábado, a quantidade de nuvens em cima do Brasil vai ser muito grande. Há uma possibilidade pequena, bem pequena, de nevar no sábado no Sul. Não é neve geral na serra gaúcha e na serra catarinense. Se alguém tiver que registrar neve ou chuva congelada, será em Urupema, ou Urubici ou no Morro da Igreja, na região serrana de Santa Catarina”, disse.

As áreas de instabilidade desta frente fria começam a atingir Santa Catarina nesta quinta-feira, e o Paraná, a partir de sexta-feira. O fim de semana do Dia dos Pais será marcado por muito frio. Há risco de geada no domingo.

Vento forte atige o RS
A aproximação de uma frente fria associada a uma forte massa de ar polar força o aumento da velocidade dos ventos sobre o Sul do Brasil nesta quinta-feira. O acentuado contraste térmico entre este ar frio e o ar quente que já predomina sobre o Brasil, além das condições de relevo, aceleram o vento.

No Morro da Igreja e em Bom Jardim da Serra, região serrana de Santa Catarina, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) vem registrando rajadas de vento maiores ou iguais aos 100 quilômetros por hora desde as 20h da noite de quarta-feira. Às 5h de hoje, uma rajada chegou aos 123 quilômetros por hora. No cabo de Santa Marta, no litoral sul do Estado, uma rajada chegou aos 81 quilômetros por hora.

Em Novo Horizonte (SC), as rajadas alcançaram 72 quilômetros por hora. Estes valores foram os maiores até 9h de hoje, mas no decorrer do dia, as rajadas vão continuar fortes e devem ser observadas nos três Estados do Sul. A velocidade das rajadas mais intensas, em média, devem ficar entre 70 quilômetros por hora e 90 quilômetros por hora, mas podem passar dos 100 quilômetros por hora nas regiões montanhosas. O risco de ventania no Sul ainda será alto amanhã, segundo a Climatempo.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade