PUBLICIDADE

Amigo de motorista de Porsche está em coma na UTI após acidente

Marcus Rocha está internado em hospital desde odomingo, 31, quando Fernando Filho bateu carro de luxo e matou motorista de aplicativo em SP

5 abr 2024 - 13h29
(atualizado às 19h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Acidente na Avenida Salim Farah Maluf, no Tatuapé, zona leste de São Paulo.
Acidente na Avenida Salim Farah Maluf, no Tatuapé, zona leste de São Paulo.
Foto: Divulgação/Polícia Civil de São Paulo / Estadão

Marcus Vinicius Machado Rocha, amigo do motorista do Porsche envolvido em um acidente fatal no último domingo, 31, na zona leste de São Paulo, está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Luiz Anália Franco, entubado e em coma induzido. As informações são do jornal O Globo

O estudante de 22 anos ocupava o assento do passageiro no veículo de luxo conduzido pelo empresário Fernando Sastre de Andrade Filho, de 24 anos, quando colidiu na traseira do Renault Sandero dirigido pelo motorista por aplicativo Ornaldo da Silva Viana, de 52 anos, que morreu posteriormente no hospital. De acordo com relatos de testemunhas, as três pessoas estavam utilizando cintos de segurança.

Vídeo mostra o momento em que Porsche bate em carro de motorista de aplicativo em SP:

Marcus sofreu fraturas em quatro costelas e passou por uma cirurgia para remover o baço. Seu estado de saúde ainda é delicado, o que impede qualquer previsão de alta hospitalar. Até o momento, ele não prestou depoimento à polícia sobre o acidente. Quanto a Fernando, houve relatos de um corte na boca, mas ele não buscou atendimento médico em nenhum hospital.

Conforme relatado pela namorada de Marcus à polícia no 30º Distrito Policial (DP) de Tatuapé, eles, juntamente com Fernando e sua namorada, consumiram "alguns drinks" em um restaurante. Em seguida, eles foram para uma casa de pôquer, com um "open bar" oferecendo comida e bebida à vontade. Outras câmeras de segurança registraram a chegada e saída do grupo do estabelecimento.

Justiça nega prisão de motorista de Porsche que atingiu Sandero e causou morte de homem em SP:

O acidente

A colisão traseira ocorreu por volta das 2h de domingo, na Avenida Salim Farah Maluf, na capital paulista. Testemunhas informaram à Polícia Civil que o empresário de 25 anos, que conduzia o Porsche, seguia em alta velocidade pela via, que tem limite de 50 km/h, e, ao fazer uma ultrapassagem, perdeu o controle do veículo. 

Ele teria batido contra a traseira de um Sandero, conduzido pelo motorista de aplicativo. O condutor chegou a ser socorrido com parada cardiorrespiratória para o Hospital Tatuapé. Ele morreu por causa de "traumatismos múltiplos". 

Policiais militares que atenderam ao caso informaram à Polícia Civil que a mãe de Andrade Filho compareceu ao local e disse que levaria o filho ao Hospital São Luiz, localizado no Ibirapuera, para tratar de um ferimento na boca.

Vídeos mostram motorista de Porsche deixando casa de pôquer antes de acidente fatal em SP:

Quando os agentes foram até ao hospital para fazer o teste do bafômetro e colher sua versão do acidente, eles não encontraram nenhum dos dois.

Em nota ao Terra, a Secretaria de Segurança Pública informou que a prioridade em casos de acidente de trânsito é garantir o resgate das vítimas e preservar o local do acidente --o que foi feito pelos PMs. Os policiais também fizeram diligências na residência do suspeito, mas ele não havia sido encontrado.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade