0

Brasil se aproxima de 73 mil mortes por coronavírus

País registrou 20.286 contágios e 733 óbitos em 24 horas

13 jul 2020
19h00
atualizado às 19h06
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Brasil registrou mais 733 mortes pelo novo coronavírus Sars-CoV-2 em um período de 24 horas, elevando o número total para 72.833, se aproximando ainda mais da marca de 73 mil vítimas, informou o levantamento do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta segunda-feira (13).

Brasileira praticando atividade física em parque em SP após reabertura
Brasileira praticando atividade física em parque em SP após reabertura
Foto: EPA / Ansa - Brasil

A taxa de letalidade é de 3,9%, enquanto o índice de mortalidade é de 34,7 pessoas por 100 mil habitantes. De acordo com o balanço, existem 1.884.967 casos da Covid-19 em todo território brasileiro, um acréscimo de 20.286 novos contágios entre ontem e hoje.

Ainda conforme o Conass, a taxa de incidência continua crescendo, com 897 pessoas por cada 100 mil cidadãos.

O estado de São Paulo continua sendo o epicentro da doença no Brasil registrando 17.907 mortos desde o início da pandemia. Ao todo 374.607 pessoas já se contaminaram com a Covid-19.

Hoje, o Instituto Butantan começou a receber inscrições de voluntários da área da saúde para participarem da terceira parte de testes de uma vacina desenvolvida em parceria com empresa chinesa.

Além disso, em parceria com a prefeitura da capital, o governo informou que vai ampliar a testagem do novo coronavírus em pessoas que vivem nas regiões mais vulneráveis da cidade.

Segundo o governo paulista, inicialmente, serão aplicados 3,5 mil testes rápidos para identificar as pessoas de tais comunidades que já produziram anticorpos para o vírus.

No ranking de estados mais atingidos pela pandemia aparecem na sequência Ceará (137.206 casos e 6.947 mortos), Rio de Janeiro (132.044 contágios e 11.474 vítimas) e Pará (126.509 infecções e 5.293 falecimentos).

Veja também:

As novas armas de Trump para reverter baixa popularidade às vésperas da eleição
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade