PUBLICIDADE

Roteirista fala de produção inspirada em Marília Mendonça

Série "Rensga Hits!" tem o protagonismo feminino em primeiro plano está disponível no Globoplay

5 ago 2022 - 05h00
(atualizado às 11h49)
Ver comentários
Publicidade
Renata Corrêa, roteirista da série, revelou ser muito fã da cantora sertaneja
Renata Corrêa, roteirista da série, revelou ser muito fã da cantora sertaneja
Foto: Crédito: Ana Alexandrino / Redes Sociais

"Rensga Hits!" acaba de chegar às telinhas, acabando com o suspense e trazendo um clima de nostalgia. Os quatro primeiros episódios da série inspirada em Marília Mendonça estão disponíveis no Globoplay e foram lançados na última quinta-feira (4).

O protagonismo feminino, a busca pelos sonhos e a força das mulheres estão no centro da narrativa. O Terra NÓS bateu um papo com Renata Corrêa, 39, roteirista do seriado, que revelou algumas curiosidades sobre a produção inspirada na cantora sertaneja que morreu com apenas 26 anos em um acidente trágico de avião.

Renata afirmou que o seriado é também uma homenagem a todas as mulheres que compõem o chamado "feminejo" e que a ideia surgiu a partir de uma matéria jornalística sobre como funcionavam as casas de composição dos sertanejos. “Aquele texto apresentava um universo super rico. Meu trabalho sempre foi focado no humor e no protagonismo feminino, e isso já dava muito material para história boa, imaginar as mulheres desse ambiente, do fenômeno que é o feminejo no Brasil. Essas mulheres fizeram uma revolução na indústria e merecem essa homenagem”, afirmou.

O processo de pesquisa e criação da série foi inspirada em uma das maiores vozes brasileiras. Marília foi percussora do feminejo, lidou com preconceito, com o machismo e gordofobia. “A Marília foi uma inspiração geral, não só para uma personagem. Eu já era muito fã dela. A trajetória da Marília de garota do interior com um talento gigantesco e que estourou em todo Brasil é um conto de fadas encantador, magnético”, disse Renata.

Entre os temas que envolvem “Rensga Hits!”, o sonhar e a liberdade feminina aparecem em destaque e Renata fez questão de evidenciar o quanto o sonhar é muito importante. “Todas essas mulheres desejam se expressar e desejam liberdade. Esse é um legado muito bonito”.

A roteirista afirma que muita coisa boa ainda está por vir. Questionada sobre possíves temporadas futuras, Renata afirmou com clareza que está pronta para isso. “Eu só penso nisso o tempo todo! Na minha cabeça as histórias já estão se construindo. Se o Globoplay e o público quiserem a nossa volta, vamos estar prontas!”
 

Fonte: Redação Nós
Publicidade
Publicidade