PUBLICIDADE

"Nosso cliente não gosta de pessoas da cor da sua pele"

Afirmação racista foi enviada a Tatiana Pretona, churrasqueira, dona de um pequeno negócio em São Paulo.

16 abr 2022 11h07
| atualizado em 17/4/2022 às 10h47
ver comentários
Publicidade
Tatiana Pretona expôs a situação na internet
Tatiana Pretona expôs a situação na internet
Foto: Reprodução/Instagram

A churrasqueira Tatiana Pretona, de 32 anos, moradora do Parque do Lago, na região do Jardim Ângela, na zona sul de São Paulo, é dona da Laje da Preta, um espaço onde serve suas especialidades e recebe clientes.

Ela também leva seus pratos a eventos externos. Há alguns dias, Tatiana decidiu expor no Instagram a recusa a um orçamento, coisa comum na vida de empreendedores, mas dessa vez com afirmações de racismo escancarado.

"Seu orçamento foi um dos melhores que recebemos, porém infelizmente não estaremos contratando seus serviços pois nosso cliente não gosta de pessoas da cor da sua pele".

O pedido para um evento de Páscoa com 50 pessoas neste domingo, 17, foi feito e

m mensagem por meio do Instagram @Pretona_BBQ. Ela voltou à conversa alguns dias depois e se deparou com a resposta.

Tatiana compartilhou a resposta racista
Tatiana compartilhou a resposta racista
Foto: Reprodução/Instagram

A frase deixou Tatiana anestesiada e roubou várias noites de sono, mas ela fez print da mensagem e divulgou.

"Tive retorno de várias pessoas negras que passam por isso sempre e se calam, por medo e vergonha do que os outros vão achar", conta Tatiana em entrevista ao blog Vencer Limites.

"Em pleno século 21, nós pretos sofremos ataques e ainda temos medo de falar, medo de expor isso, É triste e doloroso", diz Pretona, que não pretende levar o caso à polícia ou à Justiça.

Tatiana Pretona é dona da Laje da Preta
Tatiana Pretona é dona da Laje da Preta
Foto: Reprodução/Instagram
Estadão
Publicidade
Publicidade