PUBLICIDADE

Craque Neto fica revoltado com entrevista de Robinho na Record: "Estuprador"

O apresentador do "Os Donos da Bola" mencionou que a emissora concorrente deveria ter entrevistado a vítima do ex-atleta da Seleção Brasileira

18 mar 2024 - 16h03
(atualizado em 19/3/2024 às 08h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Band / Pipoca Moderna

O craque Neto criticou nesta segunda-feira (18/3) a entrevista exclusiva do "Domingo Espetacular" com o ex-jogador Robinho, condenado a nove anos de prisão pelo crime de estupro. O apresentador do "Os Donos da Bola" afirmou que a vítima deveria ter participado da reportagem especial da Record.

Casa luxuosa de R$ 30 milhões e sumiço do futevôlei: a vida de Robinho desde o caso de estupro em 2013 Casa luxuosa de R$ 30 milhões e sumiço do futevôlei: a vida de Robinho desde o caso de estupro em 2013

"Vocês têm que ter vergonha de entrevistar o estuprador. Você entrevista o estuprador, que é o Robinho, condenado em três instâncias e tomou pena de nove anos na Itália, só por ele ser jogador e famoso? Só por isso? Por que vocês, aí da Record, não entrevistaram a menina que foi estuprada?", questionou Neto.

Neto também mencionou que o ex-atacante da Seleção Brasileira será julgado nesta semana. "Como você entrevista o estuprador? Porque ele é estuprador. Agora dia 20 vai ter o julgamento para saber se ele vai cumprir a pena no Brasil. É um absurdo tudo isso. Entrevistar estuprador é das coisas mais medonhas que eu já vi na televisão brasileira", ele afirmou.

Reportagem exclusiva

No último domingo (17/3), Robinho se declarou inocente na entrevista concedida à Carolina Ferraz. O ex-jogador apresentou argumentos de que não teria praticado o crime de estupro e ainda disse que teria sido condenado injustamente.

"Eu fui condenado na Itália, de forma injusta, por nove anos, por algo que não aconteceu. Tenho todas as provas", declarou Robinho. "Ela me acusa de algo que, sem seu consentimento, seria considerado estupro coletivo. Se ela estivesse inconsciente, como alega, como teria lembrado de detalhes como a roupa, a marca do carro e enviado mensagens para amigas?."

Nesse momento, Carolina Ferraz contestou a fala do ex-atleta: "Nenhuma prova isenta o ato em si, independentemente de ter ocorrido ou não o estupro. Mesmo que você tenha saído mais cedo, isso não significa que ela estivesse autorizando o que aconteceu".

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade