PUBLICIDADE

Jeep Renegade terá nova geração e será elétrico de R$ 190 mil

Stellantis confirma nova geração do Jeep Renegade e fortalece a idea de que o Jeep Avenger não é opção para o Brasil

15 jun 2024 - 10h26
Compartilhar
Exibir comentários
Jeep Recon: inspiração para o futuro Renegade elétrico?
Jeep Recon: inspiração para o futuro Renegade elétrico?
Foto: Stellantis / Guia do Carro

A Stellantis confirmou esta semana que o Jeep Renegade vai mesmo ter uma nova geração. Não apenas isso, mas que ele será elétrico por menos de 25 mil dólares. Isso coloca em xeque as teorias de que o Jeep Avenger será o novo carro da Stellantis em Porto Real (RJ).

A nova geração do Jeep Renegade chegará ao mercado em 2027 na nova plataforma STLA Small, que permitirá a fabricação de carros elétricos com alcance de até 500 km. Antonio Filosa, CEO global da Jeep, disse que o carro será vendido nos Estados Unidos.

E o Brasil, como fica? Tudo indica que o Brasil ficará com o Jeep Renegade e que ele poderá mesmo ser o primeiro carro elétrico da Stellantis no país, como adiantou o Guia do Carro em outubro de 2023. Pode ser ele, e não o Jeep Avenger, o sonhado BEV nacional.

Jeep Recon: inspiração para o futuro Renegade elétrico?
Jeep Recon: inspiração para o futuro Renegade elétrico?
Foto: Stellantis / Guia do Carro

“Não tem por que trazer o Avenger para o Brasil porque ele concorreria com o próprio Renegade”, disse uma fonte da Stellantis ao Guia do Carro. Para o Brasil, entretanto, a nova geração do Renegade deve ser feita na plataforma e-CMP, que estará disponível nas três fábricas: Betim (MG), Goiana (PE) e Porto Real (RJ).

Vale lembrar que ninguém mais do que Filosa sabe a importância do Renegade no mercado brasileiro, pois ele era CEO da Stellantis América do Sul.

Antonio Filosa: da Stellantis América do Sul para o comando global da Jeep
Antonio Filosa: da Stellantis América do Sul para o comando global da Jeep
Foto: Stellantis / Sergio Quintanilha / Guia do Carro

Ainda existem muitas especulações sobre como será o futuro da Jeep no Brasil. A ideia do Avenger substituindo o Renegade não é confirmada e não faz muito sentido porque o Renegade é simplesmente o SUV mais vendido da Stellantis no Brasil. Por que matar um carro de sucesso e que terá continuidade na Europa e nos Estados Unidos? O Guia do Carro já questionou essa onda em maio deste ano.

Uma coisa parece certa: o Jeep Compass deve ser o primeiro carro Bio-Hybrid da Stellantis. Não está claro ainda se utilizará a ideia do Compass 4xe, que é um híbrido plug-in, ou a ideia do Toyota Corolla Cross, que é um híbrido não plugável. Também não está confirmado que a nova geração do Jeep Renegade terá versão híbrida, mas é quase certo que sim, inclusive nos EUA.

E de onde vêm os tais R$ 190 mil do Renegade elétrico nacional? Do preço nos Estados Unidos, que será de 25 mil dólares (equivalentes a R$ 134 mil). Porém, no Brasil, o Renegade EV será posicionado no topo da linha, acima dos atuais Renegade Trailhawk e Série S (ambos R$ 187.990), mas abaixo de R$ 200 mil, para deixar o carro competitivo no segmento de elétricos a bateria.

BMW i5: um carro elétrico simplesmente mais que perfeito:
Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade