PUBLICIDADE

Você sabia que Henry Kissinger é um vilão canônico em Assassin's Creed?

Diplomata americano, que faleceu recentemente, é retratado como um dos vilões Templários na série da Ubisoft

30 nov 2023 - 15h42
(atualizado às 16h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Henry Kissinger (direita) ao lado do presidente americano Gerald Ford em 1974.
Henry Kissinger (direita) ao lado do presidente americano Gerald Ford em 1974.
Foto: Reprodução/Wikipedia

Henry Kissinger, polêmico diplomata norte-em e ganhador do Prêmio Nobel que também foi rotulado de criminoso de guerra pelo seu apoio a ditaduras, morreu nesta quarta-feira (29) aos 100 anos de idade. Mas você sabia que Kissinger também é considerado um vilão canônico na franquia Assassin's Creed?

Quer conhecer outros jogadores, saber das últimas novidades dos games e ter acesso a brindes e campeonatos? Participe do nosso Discord!

A série se passa em importantes períodos históricos intercalados com segmentos modernos e se concentra na guerra secreta entre os Assassinos e os Templários. Em Assassin's Creed: Brotherhood, de 2010, os jogadores exploram fendas na história que contêm informações criptografadas sobre os antagonistas Templários, que vêm lutando pelo poder global há séculos. Acontece que algumas importantes figuras histórias fazem parte da ordem dos Templários.

Quando Ezio, protagonista de Brotherhood, encontra a quinta fenda na Irmandade, ele descobre que o próprio Henry Kissinger estava trabalhando para os Templários enquanto ocupava o poder durante as presidências de Richard Nixon e Gerald Ford nos Estados Unidos, na década de 1970. Inclusive é possível até ver uma foto de Kissinger e de Ford em uma das cenas do jogo, a mesma que está no destaque deste artigo.

O jogo mais recente da franquia é Assassin’s Creed Mirage, que possui história ambientada na Bagdá do século IXX e que se encontra disponível para PC e consoles PlayStation e Xbox.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade