PUBLICIDADE

Atleta do UFC, Lívinha se divide entre lutas e games

"Não gosto de ver luta depois do treino", conta Lívinha Souza

14 jul 2021 12h35
ver comentários
Publicidade
Lívia Renata - Lutadora do UFC e gamer
Lívia Renata - Lutadora do UFC e gamer
Foto: Terra Game On / Divulgação

Lívia Renata Souza, 30 anos, a "Lívinha", é lutadora profissional de MMA, participa do UFC na categoria Peso Palha feminino e quando não está no octógono ou treinando em diversas modalidades de artes marciais, está em casa jogando videogame, fazendo lives de seus jogos favoritos, como CS:GO e Call of Duty, ou assistindo outras lives de games.

Conheça a história da lutadora gamer no segundo episódio da websérie "Atletas Gamers", uma produção original do Terra Game On. Assista:

Atleta do UFC, Lívinha se divide entre lutas e games:

"Eu não gosto de assistir luta", conta a atleta. "Prefiro ver os gols do futebol ou os jogos que estão rolando na Twitch", explica Lívia. "Lutar é meu trabalho. Você não sai do trabalho, chega em casa e fica olhando a câmera de segurança da empresa".

Lívia gosta de jogos de tiro, como CS:GO e Call of Duty, e também de FIFA. Para ela, que treina de segunda à sábado, jogar é uma forma de desestressar e sair da bolha do dia a dia. Além de lutadora, ela também é streamer e se divide entre os treinos, lutas e as lives da FÚRIA, uma das maiores organizações de esports do Brasil.

Ela é a primeira atleta do UFC que faz parte de uma organização de esportes eletrônicos e gostaria de fazer ainda mais no futuro. "Temos que juntar saúde mental e saúde física", diz Lívia, que vê nos jogos uma forma de trabalhar isso e alcançar o público jovem.

Assista também ao primeiro episódio da websérie "Atletas Gamers", que conta a história de Diego Nunes, piloto da Stock Car que pratica no simulador para melhorar sua performance nas pistas.

Fonte: Game On
Publicidade
Publicidade