PUBLICIDADE

Análise: Forza Motorsport é melhor jogo de corrida do ano

Franquia da Turn 10 chega aos consoles de nova geração da Microsoft com gráficos deslumbrantes e novos sistemas de evolução

4 out 2023 - 08h52
Compartilhar
Exibir comentários
As corridas noturnas e sob chuva de Forza Motorsport são espetáculos gráficos
As corridas noturnas e sob chuva de Forza Motorsport são espetáculos gráficos
Foto: Microsoft / Divulgação

É estranho pensar que o Game Pass, carro chefe da Microsoft no mundo dos games, estava sem um Forza Motorsport em seu catálogo. A franquia da produtora Turn 10 é um dos pilares do Xbox, com um histórico de qualidade elevada e showroom das capacidades das plataformas da casa, geração após geração. Por isso, a chegada de Forza Motorsport, assim mesmo, sem números depois do nome, é motivo de celebração.

Mesmo com a popularidade inegável de sua série irmã, Forza Horizon, há algo especial no foco de Motorsport nas competições em autódromos, sejam reais ou criações próprias da Turn 10. Sem distrações, o jogador se concentra no loop de adquirir e aprimorar carros, competir pela primeira colocação e conseguir tempos cada vez melhores, para adquirir e aprimorar mais carros em busca do primeiro lugar na próxima competição.

O novo Motorsport é sem dúvida, um dos jogos mais bonitos do Xbox Series X, console em que testei o jogo nos últimos dias. São mais de 500 carros reais, reproduzidos nos mínimos detalhes. Cada peça e material, seja plástico, metal, vidro ou borracha, é extremamente bem feito, assim como as pistas e paisagens ao redor. Junto com isso, os efeitos de iluminação e clima, ainda mais com a tecnologia de Ray Tracing ativada, e o som das máquinas voando baixo nas 20 pistas disponíveis no lançamento (com diversos traçados diferentes para escolher), fazem desse jogo a melhor vitrine do poderio do console da Microsoft.

Competição e evolução

Depois de sete jogos, é legal ver como a Turn 10 aproveitou o tempo de desenvolvimento de Forza Motorsport para trazer novidades para a série. O modo carreira ainda é o principal componente, mas suas provas individuais são divididas em etapas: após cuidar de aprimoramentos e tunagem, há um treino em que é preciso correr algumas voltas com tomada de tempo. Em seguida, o jogador deve escolher sua posição no grid de largada e só então, disputar a corrida para valer.

Esse sistema cria uma relação de risco e recompensa interessante: quanto mais atrás o jogador começar, maior o prêmio em créditos para terminar nas primeiras posições, mas claro, fica mais difícil chegar lá. Não dá para começar em primeiro ou segundo, e isso pode incomodar o jogador quando se faz o melhor tempo nos treinos.

É preciso subir o nível do carro para desbloquear novos aprimoramentos
É preciso subir o nível do carro para desbloquear novos aprimoramentos
Foto: Microsoft / Divulgação

Tanto o treino quanto as corridas (e qualquer outra corrida livre ou contra os tempos dos rivais, por exemplo) são oportunidades para ganhar experiência com o carro escolhido. Quanto mais você usa aquele veículo, vai subindo de nível e isso desbloqueia novas peças de aprimoramento. É um sistema meio ao estilo RPG que, se por um lado não permite fazer todos os ajustes desejados simplesmente comprando peças, também aumenta o apego do piloto com o carro.

Durante as provas, o sistema de Drivatars continua brilhante: a IA de Forza Motorsport não tem igual no gênero, reproduzindo o estilo e os vícios dos jogadores, inclusive seus erros. Ensinar a máquina a errar ainda é um dos grandes feitos da Turn 10, que faz com que as provas nunca sejam iguais.

A única decepção nas corridas fica para o sistema de danos. Sim, você não quer bater ou se meter em confusão, já que há penalidades até para um corriqueiro arranhão na lataria do oponente, mas acidentes acontecem e nessas horas, mesmo com o som assustador das pancadas, o resultado estético consiste apenas em amassados leves, mesmo quando as regras de dano mecânico estão ativadas. O carro sente o impacto e fica mais difícil guiar, mas é uma pena não ver o impacto disso graficamente.

Há muitas categorias de competição diferentes no modo carreira de Forza Motorsport
Há muitas categorias de competição diferentes no modo carreira de Forza Motorsport
Foto: Microsoft / Divulgação

Por falar em sentir, os aprimoramentos e o tuning fazem muita diferença. Qualquer modificação no carro, seja uma nova caixa de câmbio, um freio esportivo ou mudar o composto dos pneus - ou mesmo mudar a relação entre as marchas e a pressão do ar nos pneus - provoca reações na dirigibilidade, sentidas nas mãos do jogador, seja no controle do Xbox ou no volante.

Há muitas opções de personalização gráfica, com pinturas especiais e adesivos, todas compartilháveis, como é padrão em Forza. Mas poderiam haver mais peças para modificar a lataria dos carros. Se você não se importa tanto com isso e prefere seus bólidos ao natural, não vai sentir falta.

Corridas Multiplayer

Forza Motorsport é lindo em qualquer um dos modos: Performance, Ray Tracing e Qualidade
Forza Motorsport é lindo em qualquer um dos modos: Performance, Ray Tracing e Qualidade
Foto: Microsoft / Divulgação

Forza Motorsport tem bastante opções para quem prefere competir contra outros jogadores em provas online, seja pela adrenalina da disputa com pessoas de verdade ou para obter todas as conquistas - há várias delas dedicadas ao modo multiplayer.

Eu confesso que não era fã de correr online nos jogos anteriores e nem nos Forza Horizon, mas o novo Motorsport traz um sistema de classificação baseado na habilidade e na capacidade do piloto seguir as regras, evitando transformar uma corrida em um destruction derby. Durante os testes que fiz, todo mundo tentou se comportar direitinho, o que resultou em provas bastante agradáveis e ainda assim, super disputadas.

Considerações

A Turn 10 soube aproveitar o tempo que teve para desenvolver o primeiro Forza Motorsport de nova geração e entregou um jogo de qualidade excelente, cheio de conteúdo e uma verdadeira vitrine do potencial dos novos consoles da Microsoft.

Forza Motorsport - Nota 9
Forza Motorsport - Nota 9
Foto: Game On / Divulgação

Mesmo com dois Forza Horizon disponíveis nos Xbox Series, é muito bom estar de volta ao circo de velocidade e automobilismo que é Forza Motorsport, a principal grife de corrida da marca. E com o jogo chegando direto ao Game Pass, não há como não recomendar que você baixe e dê umas voltas.

Forza Motorsport está disponível para PC e Xbox Series X/S.

*Esta análise foi feita no Xbox Series X, com uma cópia do jogo gentilmente cedida pela Microsoft.

Fonte: Game On
Compartilhar
Publicidade
Publicidade