PUBLICIDADE

Jogadores

Soderling confessa: "Não poderia ter um início melhor"

1 jan 2010 - 17h48
(atualizado às 18h40)
Compartilhar

Nesta sexta-feira, o sueco Robin Soderling finalmente quebrou um incômodo jejum: bater Roger Federer, tenista pelo qual já havia sido derrotado em 12 oportunidades. E, apesar de o jogo fazer parte de um torneio de exibição, o escandinavo confessa que o triunfo já lhe deu um grande impulso psicológico.

» Veja fotos da partida

» Nadal passa por Ferrer e decide torneio com Soderling

» "Em forma como nunca", Hewitt abre Copa Hopman no sábado

» Soderling bate Federer pela primeira vez e vai à final

» Soderling e Ferrer vencem e vão à semifinal em Abu Dhabi

"Eu não poderia pedir um melhor começo", comentou o atleta, oitavo colocado no ranking mundial. "Isto me dá muita confiança para o ano todo. Eu estive batendo todos os tops e assim sinto que eu realmente pertenço ao grupo deles agora", destacou.

Oponente de Soderling neste sábado, Rafael Nadal sabe bem das qualidades do jogo do sueco, que o tirou da última edição de Roland Garros e o derrotou no ATP Finals em 2009.

"Trata-se de um adversário muito duro. Ele está jogando muito bem contra os grandes e vem com toda a confiança. Soderling terminou a temporada muito bem e agora é um dos melhores jogadores do mundo. Estou ansioso para enfrentá-lo novamente", declarou.

Após vencer Federer, Soderling espera temporada vitoriosa em 2010
Após vencer Federer, Soderling espera temporada vitoriosa em 2010
Foto: AP
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra