PUBLICIDADE
Logo do Santos

Santos

Favoritar Time

Santos quer 50 mil sócios até o fim do ano

Em 2011 clube chegou a ter 60 mil sócios adimplentes, mas número despencou após Libertadores

22 mar 2024 - 10h21
(atualizado às 10h21)
Compartilhar
Exibir comentários
(
(
Foto: Divulgação/Santos FC / Esporte News Mundo

O Peixe busca impulsionar as adesões ao seu programa de associados com mais um jogo na capital paulista e tem como objetivo alcançar uma marca inédita: atingir 50 mil sócios até o final do ano e manter esse número por um período superior a seis meses.

Atualmente, o clube conta com cerca de 41.700 associados.

O Santos enfrentará o Red Bull Bragantino na próxima quarta-feira, na Neo Química Arena, às 20h15 (horário de Brasília), pela semifinal do Paulistão, e é esperado que conquiste novos adeptos devido ao jogo.

Assim como aconteceu na fase de grupos contra o São Bernardo, quando o Alvinegro jogou no Morumbi e registrou grande procura no programa Sócio Rei, espera-se que o interesse aumente ainda mais agora, considerando que se trata de uma partida decisiva e a capacidade da Arena é de mais de 40 mil pessoas.

Quando a gestão de Marcelo Teixeira assumiu o clube, o Santos tinha 33 mil associados. Desde então, o número cresceu para 41 mil. Agora, a expectativa é atingir 50 mil até meados do ano, por volta de junho, e manter esse número ativo na plataforma, garantindo que os associados mantenham os pagamentos em dia.

Em 2011, durante o auge de Neymar no Santos e na reta final da disputa da Libertadores, que resultou no tricampeonato, o clube alcançou a marca de 60 mil associados. No entanto, o método de pagamento na época era por boleto bancário, o que levou a uma queda rápida no número de associados após esse período.

Com o aumento no número de associados, o Santos espera também um significativo aumento nas receitas provenientes do programa Sócio Rei. A projeção é de um faturamento de R$ 25 milhões ao longo da temporada.

Além dos jogos na capital paulista durante o Paulistão, o Santos aguarda pela reabertura do Pacaembu, prevista para junho, para selecionar partidas como mandante na Série B do Brasileirão para o estádio. A capacidade do Pacaembu é maior do que a da Vila Belmiro, o que pode contribuir para aumentar a arrecadação do clube.

Para saber tudo sobre o Santos siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade