PUBLICIDADE
Logo do

Ponte Preta

Meu time

Ponte Preta anuncia vitória em processo movido por ex-jogador do clube

24 set 2021 22h41
| atualizado às 22h41
ver comentários
Publicidade

A Ponte Preta informou nesta sexta-feira que conseguiu vitória nos tribunais contra seu ex-atacante Roberto, que processou o clube por direitos de imagens e salários atrasados. No primeiro grau da ação, a Macaca foi condenada a pagar 300 mil reais ao jogador, porém, na segunda instância, após recurso da Ponte, a condenação foi extinguida.

"Após recurso, por maioria foi acolhida a preliminar de convenção de arbitragem e declarado extinto o feito sem resolução de mérito. Em suma, foi entendido que o compromisso arbitral foi firmado entre atleta e o clube após a entrada em vigor da Reforma Trabalhista, que introduziu a figura do empregado hiperssuficiente,  e com isso não se exige a previsão em norma coletiva para convenção de compromisso arbitral", disse Talita Garcez, advogada que representa a Ponte no caso.

Roberto atuou pelo clube durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro de 2018. Pela equipe, ao todo, disputou 17 partidas e anotou um gol.

"Não se pode acolher nenhuma tese de vício de consentimento do atleta profissional, que foi assessorado por empresa de Assessoria Esportiva, não sendo razoável que afirmar que não tinha  ciência e concordância com a cláusula de arbitragem", relatou na decisão o desembargador Fábio Bueno de Aguiar, relator do processo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade