0

Tite está "prestigiado" e Neymar perde prestígio

A situação do técnico da Seleção e do atacante ajudam a explicar o momento crítico do futebol brasileiro

25 mar 2019
19h20
atualizado às 19h45
  • separator
  • comentários

Quanto Tite assumiu a Seleção Brasileira, era praticamente uma unanimidade. Com ele no comando, o hexa seria uma questão de tempo. A campanha arrebatadora nas Eliminatórias fez os torcedores acreditarem que tudo seria diferente e superaríamos o indigesto 7 x 1. Só que faltou combinar com os russos e, principalmente, com os belgas, que eliminaram o Brasil na quartas de final.

Apesar da frustração, a CBF manteve Tite, só que a promessa de novidade já estava desgastada e envelhecida. Os amistosos marcados contra o Panamá e a República Tcheca deixaram claro que até nisso a nova comissão técnica ficou parecida com os comandantes anteriores, que adoravam enfrentar rivais fracos, que nada acrescentavam tecnicamente e só engordavam falsas estatísticas de desempenho.

Tite e Neymar em jogo da seleção brasileira na Copa da Rússia 27/06/2018   REUTERS/Maxim Shemetov
Tite e Neymar em jogo da seleção brasileira na Copa da Rússia 27/06/2018 REUTERS/Maxim Shemetov
Foto: Reuters



Tite não é o único culpado pelo mau momento, evidentemente, mas virou mais do mesmo e até o titês, que desde sempre era alvo de piada, perdeu a graça. Some-se a isso uma geração em que os jogadores brasileiros, com exceção de Neymar, viraram coadjuvantes de luxo nos grandes times europeus. Muitos ainda podem ir além, como Vinicius Jr., Paquetá ou Richarlison, mas só o tempo vai dizer.

E para completar o inferno astral de Tite, o contundido Neymar, que ficou de fora dos dois amistosos, corre em busca do prestígio perdido. Com muito dinheiro para gastar, o atacante não aparece na lista de prioridades do Real Madrid, dirigido por Zidane. O francês pediu Mané, sonha também com Mbappé, mas nada de Neymar ser lembrado. Até por isso, o pai do craque já adiantou que ele já está discutindo a renovação de contrato com o PSG. 

Paradinha Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade