0

Manoel foi pra Fiel

Zagueiro que estava desanimado com seu salário vai reforçar o Timão

12 jan 2019
16h07
atualizado às 16h08
  • separator
  • 0
  • comentários

“Manuel
Foi pro céu
Manuel
Foi pro céu”

Manoel defenderá o Corinthians
Manoel defenderá o Corinthians
Foto: Ale Frata / Código19 / Gazeta Esportiva

Trinta anos atrás, a música dançante  “Manuel” cantada por Ed Motta tocava sem parar nas rádios do país. Manoel, que agora vai defender o Corinthians, não havia nem nascido quando a canção foi lançada, mas parece ter buscado inspiração na história do personagem homônimo.

Quando a proposta do Timão surgiu, tal qual na letra da música, Manoel pensou no seu salário (que por sinal não é nada baixo) e ficou desanimado. E cantarolou: “Se eu fosse um político, minha vida não seria assim. Não, não, não, não.”

Foi aí que teve a grande ideia: se os políticos e os juízes têm direito ao auxílio moradia, por que o jogador de futebol não pode ter também?

Decidiu pedir a tal compensação para se transferir para São Paulo, mas só  esqueceu de um pequeno detalhe: ter alguém com poderes “supremos” para garantir o benefício. Sem ter costas quentes, a negociação quase melou.

Como o auxílio moradia não colou, Manoel caiu na real, esqueceu do benefício extra e aceitou a proposta corintiana. Se tivesse pensado apenas na carreira e na chance de dar a volta por cima, teria evitado um desgaste desnecessário. De qualquer maneira, Manoel garantiu agora seu próprio refrão.

“Manoel
Foi pra Fiel
Manoel
Foi pra Fiel”

Veja também:

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade