0

Entenda como o Flamengo virou uma versão 2.0 do Palmeiras

9 jan 2020
23h09
  • separator
  • 0
  • comentários

Era uma vez um time que nos últimos anos contratou a rodo, muitas vezes com a intenção de apenas atravessar o rival. O Palmeiras tinha dinheiro de sobra e em casos como o de Zé Rafael, por exemplo, foi à luta e levou a melhor assim que Corinthians e São Paulo demonstraram interesse.

Flamengo usou temática da saga Star Wars para anunciar Gustavo Henrique nas redes sociais
Flamengo usou temática da saga Star Wars para anunciar Gustavo Henrique nas redes sociais
Foto: Twitter / @Flamengo / Estadão Conteúdo

Nesse ano, o Flamengo tomou o lugar do Verdão, mas com uma diferença fundamental: privilegia a qualidade, como já fez aliás no ano passado. É assim que está muito perto de levar pra Gávea umas das revelações do Brasileiro: Michael. 

O atacante do Goiás flertou com o Corinthians. Foi saudado pela Fiel quando atuou no jogo festa promovido por Emerson Sheik no ano passado. Fez um golaço, abusou dos dribles e era considerado um reforço certo do Timão.

Só que no meio do caminho tinha o Goiás, o empresário do jogador e o efeito Flamengo. O Corinthians chegou onde poderia chegar e foi esnobado pelos dirigentes goianos, que aproveitaram a grana do Mengão para conseguir uma valorização ainda maior da sua pedra preciosa. O acordo está perto de ser definido.

O Santos já viu o zagueiro Gustavo Henrique se mandar para o Flamengo. É a lei do mercado. Além de defender um dos maiores clubes do mundo, os jogadores sabem que vão receber em dia no time carioca, o que não acontecia até pouco tempo atrás.

O Palmeiras ainda tem dinheiro, mas por enquanto não saiu para fazer compras. A lista de reforços vai ser pequena e o clube deve adotar uma política mais econômica. É compreensível a mudança de postura, mas vale aguardar pra ver se isso vai durar caso o time não conquiste títulos.

Paradinha Esportiva Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade