PUBLICIDADE

Lutas

Anderson Silva sugere que pode não encerrar carreira após luta com Sonnen

A luta deste sábado (15) contra Chael Sonnen tem sido vendida pelos seus organizadores e patrocinadores como a 'a despedida' de Anderson Silva

13 jun 2024 - 16h36
(atualizado às 16h36)
Compartilhar
Exibir comentários
Anderson SIlva sugere que não irá se aposentar
Anderson SIlva sugere que não irá se aposentar
Foto: Divulgação/Facebook Oficial Anderson Silva / Esporte News Mundo

A luta deste sábado (15) contra Chael Sonnen tem sido vendida pelos seus organizadores e patrocinadores como a 'a despedida' de Anderson Silva. Mas o brasileiro deixou claro que talvez este não seja seu último confronto nos esportes de combate.

O 'Spider' deu entrevista ao programa 'The MMAHour' e afirmou que o duelo do Spaten Fight Night será sim, a sua despedida. Mas esta do público brasileiro, cogitando seguir lutando fora do país em um futuro próximo, mas em outros países.

- Não, não estou parando. Apenas estou fazendo minha última luta no Brasil. Por que eu me aposentaria? Não, não. - disse Anderson, que revelou ter conversas para fazer uma luta na Arábia Saudita e também sobre outras sondagens que tem recebido para seguir sua carreira.

- Comecei a negociar a minha próxima luta, talvez seja na Arábia Saudita, estou ainda esperando ver a situação se resolver. Não posso ainda falar porque estou ainda vendo estas questões de contrato. Algumas pessoas me ligam, tenho recebido ligações do Japão. Minha última luta de MMA foi lá. Treino todo dia, mas estou apensa esperando. Não sei, meu time está envolvido em muitas negociações - completou o 'Spider'

LEIA MAJS

O Spaten Fight Night não será aberto ao público em geral, sendo assistido apenas para uma plateia pequena de VIPs que terão a chance de assistir Anderson Silva e Chael Sonnen reavivar uma das maiores rivalidades da história das lutas. Uma situação que deixa o 'Spider' dividido, já que apesar do duelo poder ser sintonizado na TV aberta (pela Globo), não poderá ter o contato com os fãs brasileiros que o celebraram durante toda a sua carreira.

- Estou feliz, mas também um pouco triste porque é um evento que é fechado, não é para todo mundo. Muitos fãs me mandaram mensagem e me pediram que fosse aberto para o público, mas eu respondi dizendo que não é algo que está no meu controle. Mas acho que estão fazendo o melhor possível para realizar um grande evento - declarou o brasileiro.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade