PUBLICIDADE

Lutas

Adesanya diz que Du Plessis recusou o enfrentar no UFC 300

srael Adesanya e Dricus du Plessis chegaram a ser especulados como possíveis atrações do UFC 300, dia 13 de abril, mas ambos sequer conseguiram um lugar no evento

27 fev 2024 - 23h40
(atualizado às 23h40)
Compartilhar
Exibir comentários
Adesanya e Du Plessis se encaram no octógono
Adesanya e Du Plessis se encaram no octógono
Foto: Divulgação/Twiter Oficial UFC / Esporte News Mundo

Israel Adesanya e Dricus du Plessis chegaram a ser especulados como possíveis atrações do UFC 300, dia 13 de abril, mas ambos sequer conseguiram um lugar no evento mais aguardado de 2024 até o momento. E talvez não tenha sido por falta de tentativa por parte da organização.

Isto ao menos é o que sugeriu o nigeriano em entrevista ao podcast de Theo Von. O ex-campeão dos médios do Ultimate revelou que foi lhe oferecida uma luta no card de 13 de abril contra o sul-africano, atual dono do cinturão da divisão e com quem tem uma relação um tanto conflituosa. Mas, segundo o 'Last Stylebender', o dono do cinturão teria recusado a proposta devido a lesões sofridas por Du Plessis.

- Acho que tem coisas que não são para acontecer. Eles (UFC) me chamaram. Sei que já é tare para dizer isso, mas me chamaram para o UFC 300, e eu disse 'vamos lá!'. Mas o lado dele (Du Plessis) não quis, eles não quiseram. Eles tinham lutado contra o Sean Strickland e acho que eles tiveram umas lesões e umas 'coisinhas', mas acho que todo mundo já teve isso - disse Adesanya.

Nas indicações do nigeriano, lesões decorrentes da luta contra Strickland teriam impedido que o sul-africano tivesse tempo suficiente para se recuperar e o enfrentar no UFC 300. Algo que, para o ex-campeão dos 84kg, não seria um impeditivo tão grande para lutar, pois lesões fazem parte do cotidiano de qualquer participante de esportes de combate.

- Lutei várias lutas com lesão, e foi por isso que quis dar uma pausa, para dar uma recuperada no meu corpo. Essas lesões foram curadas e sei que virão mais. Isso acontece muito por conta de treinos. Sempre acontecem coisas assim por consequência do trabalho - comentou

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade