4 eventos ao vivo
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Diante de retrato de Marin, Alckmin homenageia medalhistas do Pan

18 ago 2015
21h57
  • separator
  • 0
  • comentários

Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo, homenageou um grupo de medalhistas dos Jogos Pan-Americanos de Toronto na tarde desta terça-feira. O evento, com a presença da Seleção feminina de futebol, foi realizado no Palácio dos Bandeirantes, diante de um retrato de José Maria Marin.

O governo de São Paulo concedeu a medalha do mérito esportivo aos 131 atletas nascidos no Estado que subiram ao pódio nos Jogos Pan-Americanos. Aproximadamente 20 competidores de boliche, caratê, esgrima, polo aquático, vôlei, rúgbi e futebol participaram da cerimônia.

As paredes da sala que recebeu o evento exibem uma galeria de retratos de 26 antigos governadores de São Paulo, entre eles José Maria Marin. A foto do ex-presidente da CBF, que exerceu o poder entre 1982 e 1983, durante o regime militar, está posicionada ao lado da imagem de Paulo Maluf, seu mentor político.

Acusado de envolvimento em esquema de corrupção no futebol, Marin está atualmente detido na Suíça - após a prisão, a CBF tirou o nome do ex-governador da fachada de sua sede, no Rio de Janeiro. Diante do retrato do dirigente, ainda em exposição no Palácio dos Bandeirantes, as atletas da Seleção feminina, ouro em Toronto, foram premiadas.

"Agradeço pela homenagem. Acredito que o futebol feminino ainda pode ter um pouco mais de apoio. O espaço precisa ser ampliado e as oportunidades, multiplicadas. O Estado deve influir positivamente e implantar políticas públicas eficientes. Contamos com a ajuda do nosso senhor governador", disse a zagueira Monica Hickmann, embora Geraldo Alckmin, atrasado, ainda não estivesse presente.

À espera do governador, o mestre de cerimônias resolveu ler o nome de cada um dos 131 atletas contemplados pela medalha do mérito esportivo. Alckmin chegou antes do final da lista, assinou o decreto que oficializa as condecorações e pediu desculpas pelo "involuntário atraso" ao iniciar seu discurso.

"O Brasil foi muito bem, desbancando Cuba e pontificando como estrela de maior grandeza nos Jogos Pan-Americanos. Cumprimento a todos pelo espírito esportivo e pelas medalhas conquistadas. Vocês são um estímulo às novas gerações em termos de superação e profissionalismo", elogiou.

Com 41 ouros, 40 pratas e 60 bronzes, o Brasil encerrou os Jogos Pan-Americanos na terceira colocação do quadro de medalhas. Os Estados Unidos (103-81-81) lideram o evento disputado na cidade canadense de Toronto, seguidos pelos donos da casa (78-69-70).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade