PUBLICIDADE
Logo do

Guarani

Meu time

Em jogo truncado, Guarani fica no empate com Sampaio Corrêa

Com igualdade no Brinco de Ouro, Bugre perde chance de alcançar ponta da tabela

20 jul 2021 21h00
| atualizado às 21h00
ver comentários
Publicidade

Mais um jogo movimentou o Brasileirão Série B. Pela 13ª rodada, o Sampaio Corrêa foi até o Brinco de Ouro, em São Paulo, onde enfrentou o Guarani, nesta terça-feira. Apesar de pressão de ambos os lados, a partida ficou bastante equilibrada.

Depois da partida, o Guarani volta a se concentrar para a próxima rodada. Pela 14ª, encara o Vasco, no sábado, 24. O duelo acontece em São Januário. Enquanto isso, o Sampaio encerra os jogos da rodada diante o CRB, no domingo, 25, no Castelão, no Maranhão.

INÍCIO DEVAGAR E TRUNCADO

As duas equipes começaram o duelo se estudando bastante. Assim, poucas jogadas de perigo nos primeiros minutos aconteceram. A primeira chegada foi aos 7, quando Régis cruzou, e Bruno Sávio desviou de cabeça, mandando na trave. Na sequência, Rodrigo Andrada aproveitou o rebote e deu um belo chute, defendido pelo goleiro Mota.

Enquanto o Sampaio Corrêa se mostrava mais fechado e buscava o erro do adversário, o Bugre seguiu ofensivo, com cinco finalizações apenas nos primeiros 18 minutos. Os maranhenses não fizeram nenhuma.

TRANQUILIDADE E TENTATIVAS

O jogo seguiu com o mesmo panorama, com poucas jogadas sendo realmente perigosas. Assim, a primeira chegada do Sampaio Corrêa movimentou o jogo. Aos 32, após arrancada pelo meio, Jean Silva dominou e passou para Mauro Silva, que bateu de primeira. A bola foi para fora.

Para encerrar a primeira etapa, os donos da casa aumentaram a pressão e tiveram uma grande oportunidade aos 38. Régis invadiu a área pela direita, mandando uma bomba em direção ao gol dos maranhenses. Mota fez a defesa. Aos 44, Diogo Mateus avançou, centralizou e chutou forte, para nova defesa do goleiro adversário.

AINDA MAIS TRUNCADO

A volta do intervalo seguiu ainda mais truncada, com poucas chances de gol sendo criadas. Os 20 primeiros minutos da segunda etapa foi de jogadas falhas, com o Sampaio Corrêa bem mais fechado. Assim, o Guarani sofreu para conseguir encontrar algum espaço para atacar.

BUGRE SUPERIOR

O Guarani só foi encontrar um espaço aos 23. Em bola na área, a defesa do Sampaio acabou vacilando e deixou livre. Régis apareceu e chutou forte para boa defesa de Mota. Na sequência, Allan Victor chutou, mas apenas ganhou o escanteio para os paulistas.

Três minutos depois, os donos da casa tentaram com Régis, que cobrou escanteio. Thales desviou, mas Bruno Silva cabeceou para fora. Sem outros lances, a partida acabou no zero.

FICHA TÉCNICA

Guarani 0 x 0 Sampaio Corrêa

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)

Data/Horário: 20 de julho de 2021 (terça-feira), às 19h

Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda

Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Carlos Henrique Alves de Lima Filho

Cartões amarelos: Thales (Sampaio Corrêa)

Guarani: Gabriel Mesquita; Diogo Mateus, Thales, Titi (Índio, 36'/2ºT) e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade, Bruno Sávio (Allan Victor, 19'/2ºT), Régis (Pablo, 36'/2ºT) e Júlio César (Andrigo, 11'/1ºT); Davó (Lucão do Break, 19'/2ºT). Técnico: Daniel Paulista.

Sampaio Corrêa: Mota; Luis Gustavo (Watson, 46'/2ºT), Paulo Sérgio, Nilson Júnior e Felipinho; Mauro Silva, Ferreira e Nadson (Gui Campana, 41'/2ºT); Roney (Romarinho, 36'/2ºT), Ciel (Jefinho, 0'/2ºT) e Jean Silva. Técnico: Felipe Surian.

Lance!
Publicidade
Publicidade