0

Marcos Rocha elogia elenco do Inter e pede cuidado com Guerrero

Lateral do Palmeiras aposta no retorno do time titular para o encontro deste sábado, pelo Campeonato Brasileiro

3 mai 2019
15h56
atualizado às 15h56
  • separator
  • 0
  • comentários

O lateral-direito Marcos Rocha, do Palmeiras, apontou o atacante Paolo Guerrero como o principal foco de preocupação do time para a partida deste sábado, às 19h, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. A boa fase do jogador peruano, autor de quatro gols em seis jogos, deixa o setor defensivo da equipe alviverde em alerta para o confronto válido pela terceira rodada.

Guerrero marcou um gol na última rodada, a vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, e vive um bom momento após cumprir suspensão por doping e ficar parado por oito meses. "Vamos jogar em casa, com o apoio da partida e precisamos ter bastante respeito. Será um jogo difícil. O Guerrero vem sendo a referência do Inter e vive grande momento depois de muito tempo parado", disse o lateral em entrevista na Academia de Futebol.

Os dois times estão classificados para as oitavas de final da Copa Libertadores e tiveram campanhas de destaque no Brasileiro do ano passado. O Palmeiras foi o campeão, enquanto o Inter terminou em terceiro lugar. As duas equieps tiveram confrontos equilibrados na competição, com vitória alviverde por 1 a 0 no Pacaembu, em São Paulo, e depois um empate sem gols no segundo turno, no Beira-Rio.

A tendência é o técnico Luiz Felipe Scolari escalar o Palmeiras com os titulares, depois de boa parte deles ganhar descanso e não ter viajado para enfrentar o CSA, em Maceió, na quarta-feira. "O rodízio dá a possibilidade de descansar, recuperar a parte física, pode trabalhar com a fisioterapia. Então, o descanso é válido. Podemos esperar que o time principal volte a jogar e nossa expectativa é conseguir os três pontos", comentou.

O Palmeiras deve ir a campo escalado com: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael; Gustavo Scarpa, Dudu e Deyverson (Arthur Cabral).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade