0
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Alisson diz que final da Liga dos Campeões será jogo mais importante da carreira

Goleiro brasileiro revela ansiedade por jogo contra o Tottenham, em Madri, no dia 1º de junho

24 mai 2019
12h46
atualizado às 12h46
  • separator
  • comentários

O goleiro Alisson já disputou partidas importantes pelo Internacional, pela Roma e pelo Liverpool, sem contar a participação na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, pela seleção brasileira. Mas o titular do gol da equipe inglesa revelou nesta sexta-feira que está se preparando para o jogo de maior importância de sua carreira: a final da Liga dos Campeões da Europa contra o Tottenham, no dia 1.º de junho, no estádio Wanda Metropolitano, em Madri, na Espanha.

"Quando acabou o Campeonato Inglês, tínhamos 20 dias de preparação para a final da Liga dos Campeões. Não estou conseguindo esperar. Desejo muito jogar esta grande partida. É a mais importante da minha carreira", afirmou Alisson, em uma entrevista ao site oficial do Liverpool, direto de Marbella, no sul da Espanha, onde o time inglês passar por um período de treinamentos.

Desde a última segunda-feira, os jogadores do Liverpool estão na cidade da região da Andaluzia para uma aclimatação melhor para encarar o Tottenham em Madri. A comissão técnica, comandada pelo técnico alemão Jurgen Klopp, resolveu levar 26 atletas para um período de seis dias de treinamentos, até este sábado, em um lugar mais quente que a cidade de Liverpool.

A estratégia de Klopp é a mesma realizada no ano passado, antes da decisão da Liga dos Campeões contra o Real Madrid - derrota por 3 a 1, no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia. Alisson disse que essa é a melhor decisão mesmo. "É bom para a preparação. É bom para nós ter a mente livre de coisas externas", comentou o goleiro brasileiro. "Vir para cá é especial para nós. Podemos passar mais tempo juntos e conversar mais. Isso é importante para uma equipe que quer conseguir coisas grandes".

Em sua primeira temporada no Liverpool, Alisson conseguiu números expressivos, apesar de não ter conquistado algum título na Inglaterra. No Campeonato Inglês, ficou 21 das 38 partidas sem sofrer gols, o que o fez ser escolhido o melhor da posição. "Foi uma grande honra. O prêmio não é só meu, é um prêmio também para meus companheiros, que trabalham duro para deixar a vida mais tranquila para mim. É um objetivo para todos", completou.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade