1 evento ao vivo

Em situações distintas, Santa Cruz e Oeste se enfrentam no Arruda

16 out 2017
20h02
atualizado em 17/10/2017 às 09h02
  • separator
  • 0
  • comentários

O final de semana não foi nada bom para Santa Cruz e Oeste. As duas equipes perderam seus respectivos jogos e agora se enfrentam pela 30° rodada. Nesta terça-feira, às 20h30 (de Brasília) no Arruda, as equipes entram em campo com diferentes objetivos na Série B. Enquanto o clube paulista vai em busca do triunfo para encostar nos quatro primeiros colocados, o time da casa almeja os três pontos para melhorar o aproveitamento no campeonato e tentar fugir da zona de rebaixamento.

Pelo lado do Oeste, o confronto do primeiro turno na Arena Barueri é o exemplo a se apegar. Naquela oportunidade, os paulistas venceram o Santa por 2 a 0 e deixaram o Z4 da Série B. O cenário é bem diferente para o duelo desta terça. O comando técnico do time pernambucano não é mais de Adriano Teixeira e Marcelo Martelotte, agora, é o responsável pela missão de manter a equipe do Arruda na Série B.

O Santa vive uma situação muito complicada no Campeonato. São cinco jogos sem vencer e um futebol que tem oscilado ao longo das partidas. Para o confronto desta terça, o treinador Marcelo Martelotte terá a disposição a equipe considerada ideal e não deve ter alterações em relação ao último jogo. O time pernambucano luta para chegar aos 45 pontos, número historicamente conhecido por livrar as equipes do descenso. A meta só será alcançada caso o time consiga 16 pontos do 27 em disputa.

O treinador Marcelo Martelotte definiu a meta de vencer todos os confrontos em casa para sair da zona de rebaixamento e avaliou que a falta de resultados não tem nada a ver com uma possível falta de empenho dos atletas. "A partida contra o Oeste é muito importante para as nossas ambições no campeonato. Pode se cobrar qualquer coisa do elenco, menos a vontade. Não tem faltado empenho nos treinos e muito menos nos jogos. O grupo já deu a resposta que vai brigar até o final. Os detalhes que faltam, vamos aprimorar com trabalho e voltar a vencer os jogos", disse o treinador.

Pelo lado do Oeste, a situação é completamente diferente. Mesmo depois da derrota na última rodada, em casa, para o Ceará, o time de Barueri segue na luta pelo acesso e o jogo desta terça é considerado fundamental na recuperação dos pontos perdidos como mandante. Antes do revés, a equipe de Roberto Cavalo vinha de oito jogos sem derrotas e a empolgação foi contida depois do último sábado. Apesar disso, o sonho de jogar na elite é alimentado.

Para o confronto, serão dois desfalques. O zagueiro Leandro Amaro e o volante Betinho estão suspensos pelo acúmulo de cartões amarelos. As alterações forçadas ainda não foram definidas pela comissão técnica. Na defesa, André Vinícius e Daniel Gigante disputam um lugar entre os 11 iniciais. Já no meio-campo, a briga é entre Wilson Mathias e Fabrício. Outra posição indefinida é a de atacante. Robert e Gabriel Vasconcellos duelam por apenas uma vaga no comando de ataque e a decisão deve ser tomada por Roberto Cavalo minutos antes do jogo.

O goleiro Rodolfo, um dos líderes do elenco do Oeste e peça fundamental na campanha rubro-negra até aqui na Série B foi um dos que se mostrou confiante na recuperação. "Não temos tempo para se abater, porque o duelo contra o Santa Cruz é eseencial. A confiança continua a mesma, o foco segue o mesmo e vamos em busca da vitória lá no Arruda", disse o arqueiro. "O grupo está focado como sempre esteve. Não será á derrota para o Ceará que nos deixará fora da briga pelo acesso. Estamos vivos e dependemos de nós mesmos para alcançar esse objetivo. Sabemos que será difícil, mas temos muita condição de conseguir o acesso", afirmou Rodolfo.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ X OESTE

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)

Data: Terça-feira, 17 de outubro de 2017

Horário: 20h30 (de Brasília)

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Edson Antonio de Souza (GO) e Hugo Sávio Xavier Correa (GO)

SANTA CRUZ: Júlio César; Nininho, Guilherme Mattis, Anderson Salles e Yuri; Wellington Cézar, Derley, João Paulo, Thiago Primão e André Luis; Grafite

Técnico: Marcelo Martelotte

OESTE: Rodolfo; Daniel Borges, Joilson, André Vinicíus (Daniel Gigante) e Guilherme Romão; Lídio, Wilson Mathias (Fabrício), Mazinho; Danielzinho, Raphael Luz e Gabriel Vasconcellos (Robert)

Técnico: Roberto Cavalo

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade