0

Elenco do Botafogo dá crédito à diretoria e minimiza atrasos salariais

4 jul 2018
13h19
atualizado às 13h19
  • separator
  • comentários

Se na maior parte dos clubes o tema é tratado como um tabu, no Botafogo os atrasos salariais não chegam a virar um drama. Pelo menos por enquanto. Os jogadores ainda não receberam todo o salário de maio e o mês de junho vence esta semana, sem que exista perspectiva de receita. Na manhã desta quarta-feira coube a um dos jogadores mais experientes do plantel, o lateral-direito Luís Ricardo, falar sobre o assunto em entrevista coletiva concedida no Estádio Nilton Santos.

"A diretoria do Botafogo tem crédito com a gente. Sabemos que eles estão trabalhando muito para conseguirem colocar as coisas em ordem. Sabemos que esta situação incomoda demais os dirigentes, pois isso não é do feitio do clube. Nós sabemos que eles estão tentando negociar um jogador, a importância disso acontecer para colocar as coisas em dia", disse Luis Ricardo.

Aos 34 anos, Luís Ricardo foi contratado em 2015 pelo Botafogo, e em 2016 atravessou um grande momento. Em 2017 lutou contra lesões e acabou perdendo espaço. Porém, retomou a posição antes do recesso para a Copa do Mundo. Ele disse que o fato de o clube não ter o hábito de atrasar pagamentos pesa neste crédito.

"Todos os clubes passam por isso, mas isso não existia no Botafogo. De fato eles têm muito crédito com a gente. Conversava sempre isso com o Gustavo Noronha (vice-presidente de futebol). Desde que cheguei, em dois mil e quinze, nunca tive problemas com isso", disse Luís Ricardo.

O Botafogo, além de tentar negociar algum jogador na janela de transferências, trabalha para regularizar algumas dívidas trabalhistas.

Dentro de campo, o técnico Marcos Paquetá comandou a equipe em um jogo-treino nesta manhã com o Audax, que disputa a Segunda Divisão do Campeonato Carioca. Os titulares só atuaram no primeiro tempo da atividade, que terminou empatada sem gols.

O próximo jogo oficial do Botafogo será contra o Corinthians, dia 18 de julho, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians, em São Paulo (SP), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para este jogo, Paquetá não poderá contar com o lateral-esquerdo Moisés, com o zagueiro Yago e com o volante Jean, todos emprestados pelo clube paulista, dono dos direitos federativos deles. Nesta quinta-feira o plantel volta a treinar na parte da manhã.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade