PUBLICIDADE

Cruzeiro, Vasco, Grêmio, Santos ... Supersérie B vem aí?

Segunda Divisão de 2022 pode ser mais atraente ainda que a de 2021

7 out 2021 09h24
| atualizado às 09h32
ver comentários
Publicidade

O Cruzeiro já dançou, não sobe mais neste ano. O Vasco depende de uma penca de vitórias nas rodadas finais para o acesso; até pode conseguir isso, mas, hoje, a tendência é que permaneça na Série B. Por outro lado, o Grêmio não se livra de jeito nenhum da zona de rebaixamento na Série A e perde pontos preciosos em sequência. Já o Santos, em queda acentuada de rendimento, ocupa a 16ª posição e a qualquer momento pode figurar entre os quatro piores da elite.

Grêmio ensaia uma dança diferente na tabela da Série A; risco de rebaixamento é alto
Grêmio ensaia uma dança diferente na tabela da Série A; risco de rebaixamento é alto
Foto: Chico Ferreira / Futura Press

É cedo para cravar que esse quarteto estará junto na Segunda Divisão de 2022. Mas os indícios são inegáveis. Num cenário mais amplo, até mesmo o Botafogo estaria cotado para fazer parte da edição que seria conhecida como a Série B de ouro.

O Alvinegro carioca ocupa a terceira posição na tabela e está embolado com Goiás, Avaí e CRB na disputa por três vagas à Série A. O Coritiba, líder da B, está bem próximo de confirmar sua volta à divisão principal.

Dois jogos nesta quinta e sexta (8) estão diretamente relacionados às hipóteses acima. No primeiro deles, no Morumbi, o São Paulo recebe o Santos. Uma nova derrota do time da Vila Belmiro sinalizaria dias difíceis e de expectativa para sua torcida.

Já pela Série B, o Botafogo joga na sexta contra o CRB no Rio. A equipe precisa se valer do mando de campo no Engenhão para somar mais três pontos. Caso contrário, a incerteza e a tensão de seus torcedores tendem a aumentar – vários deles já estão se estranhando com o técnico Enderson Moreira.

 

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade