PUBLICIDADE

Corinthians aposta em quarteto contra o Bragantino em disputa por vaga direta na Libertadores

Após vitória no clássico, Sylvinho teve semana livre para aprimorar entrosamento entre Renato Augusto, Giuliano, Willian e Roger Guedes; finalista da Sul-Americana, time de Bragança Paulista tem sequência dura pela frente no Brasileiro

2 out 2021 05h11
| atualizado às 05h11
ver comentários
Publicidade

Embalado pela vitória no clássico contra o Palmeiras e a estreia de seu quarteto, o Corinthians visita o RB Bragantino neste sábado, às 19h, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. O duelo pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro entre 5º e 6º colocados é uma grande oportunidade para Sylvinho criar mais entrosamento entre Renato Augusto, Giuliano, Willian e Roger Guedes e tentar entrar no G-4 da competição, de olho em uma vaga direta na Libertadores do ano que vem.

Na tabela, ambos os times somam 33 pontos, mas os mandantes levam vantagem graças ao saldo de gols. Além disso, os finalistas da Sul-Americana possuem um jogo a menos em relação ao Corinthians, fator que torna a partida no interior de São Paulo ainda mais importante para a sequência da temporada.

O Corinthians não sabe o que é perder no Campeonato Brasileiro há dois meses, quando foi derrotado na 14ª rodada pelo Flamengo, primeiro time no G-4, na Neo Química Arena, por 3 a 1. A diferença entre paulistas e cariocas na classificação é de dois pontos, mas por conta de alterações no calendário, o Rubro-Negro tem três jogos a menos do que o time comandado por Sylvinho e ainda podem ultrapassar Fortaleza e Palmeiras.

Do outro lado, a equipe de Maurício Barbieri vive momentos distintos nas competições que disputa. Na quarta, voltou a vencer o Libertad, dessa vez fora de casa, e se classificou para a final brasileira da Copa Sul-Americana contra o Athletico-PR, a primeira decisão internacional do clube.

Pelo Brasileirão, no entanto, o Bragantino está há quatro rodadas sem vitória e embora esteja entre os cinco melhores times no torneio nacional, se distanciou da liderança, posição que chegou a ocupar na 9ª rodada. No último domingo, Helinho, ex-São Paulo, chegou a marcar um golaço no Maracanã, mas Fred e Luiz Henrique garantiram os três pontos para o Fluminense.

A partida no Nabi Abi Chedid ainda marca o encontro entre um dos piores mandantes do campeonato e um dos melhores visitantes. O Bragantino é apenas o 18º no quesito, com duas vitórias, seis empates e duas derrotas em casa. Já o Corinthians está no top 3 em retrospectos fora de seus domínios. São cinco vitórias, cinco empates e somente um revés, ficando atrás do próprio Bragantino e do Atlético-MG.

No clássico contra o Palmeiras, o Corinthians pôde enfim colocar em campo seu badalado quarteto de reforços, tão esperados pela torcida. Roger Guedes, anunciado no fim de agosto, fez valer a 'lei do ex' e marcou os dois gols da vitória alvinegra, sendo o segundo uma pintura. Renato Augusto e Giuliano também foram importantes ao construírem a jogada do primeiro tento corintiano. Embora tenham agradado, os dois, além de Willian, ainda precisam aprimorar a parte física, o que explica as substituições na etapa final.

Nas últimas semanas, Sylvinho tem dado uma atenção especial ao setor defensivo do Corinthians. Apesar da equipe estar entre as quatro melhores defesas do campeonato, o treinador não está satisfeito com o número de jogos sem sofrer gols. Das 22 partidas que disputou, o time foi capaz de conter o adversário em sete. O setor ofensivo, por sua vez, balançou a rede adversária nos últimos sete compromissos, mas é apenas o 11º melhor ataque do Brasileirão. Tendo isso em mente, o comandante corintiano aproveitou a semana livre de treinos para desenvolver o potencial do quarteto e transformá-lo em bolas na rede e vitórias.

Escalações

Para o duelo contra o Bragantino, a escalação do Corinthians deve ser a mesma do clássico. Os únicos desfalques são os volantes Gabriel, fora por suspensão, e Roni, se recuperando de uma lesão ligamentar no joelho direito. O meia Adson, que desfalcou a equipe por mais de um mês devido a um trauma na perna esquerda, deve ser relacionado para a partida.

Por conta do jogo no meio da semana e a viagem de Assunção até Bragança, Maurício Barbieri teve pouco tempo para definir o 11 inicial dos mandantes. A tendência é que ele poupe algumas peças devido à sequência exaustiva que aguarda a equipe no Campeonato Brasileiro. Em um espaço de apenas oito dias, o Bragantino tem pela frente Corinthians, Flamengo e Palmeiras. A decisão da Sul-Americana, momento mais aguardado da temporada, acontece no dia 20 de novembro, no Estádio Centenário, em Montevidéu.

FICHA TÉCNICA

RB BRAGANTINO X CORINTHIANS

RB BRAGANTINO - Cleiton; Léo Ortiz, Natan, Edimar e Weverton; Ramires, Jadsom, Praxedes, Cuello, Helinho; Ytalo. Técnico: Maurício Barbieri.

CORINTHIANS - Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo; Willian, Renato Augusto, Giuliano e Gabriel Pereira; Roger Guedes. Técnico: Sylvinho.

ÁRBITRO - Flavio Rodrigues de Souza (Fifa/SP)

HORÁRIO - 19h

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista

NA TV - Premiere

Estadão
Publicidade
Publicidade