PUBLICIDADE

Argentinos usaram PCR falso na final da Copa América

Laboratório do Rio de Janeiro confirmou a falsificação dos testes

15 jul 2021 08h41
| atualizado às 08h42
ver comentários
Publicidade

Um grupo de torcedores argentinos utilizou testes falsos da covid-19 para conseguir acesso ao Maracanã na final da Copa América no último sábado. Eles conseguiram entrar mesmo após a Conmebol ser alertada sobre a possibilidade de fraudes nos exames de PCR. A informação é da revista Época

Jogadores e torcedores argentinos festejam título da Copa América
Jogadores e torcedores argentinos festejam título da Copa América
Foto: Henry Romero / Reuters

A publicação teve acesso a laudo apresentado no estádio carioca. O documento é bem parecido ao emitido pelo laboratório Labormed. A empresa confirmou a adulteração após conferir o número do protocolo.

"A maioria da galera foi tudo feito na internet, editado. O meu quem fez foi um amigo. Ele tirou um modelo na internet, botou nome, documento. Mudou tudo.  Estava entrando todo mundo. Me falaram que uma pessoa foi barrada, mas não vi mais ninguém. E quanto mais tarde era, acho que eles queriam liberar todo mundo. Tinha fiscalização, mas só olhando. Não sei como faziam a avaliação. Era só no olhar mesmo", declarou um torcedor argentino para a publicação. 

A entrada do Maracanã antes da decisão teve muito tumulto. Os torcedores, muitos sem máscara, ficarama aglomerados e teve muito empurra-empurra na ocasião.

Na noite de quarta-feira, o Flamengo utilizou as redes sociais para informar que solicitou a liberação de público em suas partidas. O clube usou a Copa América como exemplo a ser copiado. 
 

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade