PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Renato Gaúcho elogia Michael e ignora má atuação do Flamengo

Treinador estreou nesta quarta-feira com triunfo por 1 a 0 contra o Defensa y Justica, fora de casa, pelas oitavas de final da Libertadores

15 jul 2021 00h02
| atualizado às 07h36
ver comentários
Publicidade

Renato Gaúcho iniciou sua passagem pelo Flamengo com uma importante vitória na Libertadores. Apesar da má atuação coletiva, o Rubro-Negro venceu o Defensa y Justicia por 1 a 0 e saiu em vantagem no confronto de oitavas de final. Após a estreia, o treinador admitiu o nível abaixo apresentado pelo time, mas ressaltou a importância de sair em vantagem fora de casa.

Renato Gaúcho comemora gol com Michael (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Renato Gaúcho comemora gol com Michael (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

- No momento, eu achei que era a melhor formação porque a gente não tem tido muito tempo para treinar. Mas eu não me incomodo com isso. O mais importante de tudo foi a vitória. Não adianta você jogar um futebol bonito, todo mundo ficar satisfeito e perder. Nas próximas partidas, provavelmente vai ser isso. Uma equipe bastante desfalcada, que jogou com muita raça, mas o entrosamento não é o mesmo - disse Renato Gaúcho, antes de finalizar:

- Sabíamos que íamos encontrar dificuldades, mas não é fácil ganhar fora de casa em Libertadores. Concordo que o Flamengo não esteve tão bem, cometeu alguns erros, mas o mais importante foi a vitória. Temos mais 90 minutos para jogar no Brasil para procurar carimbar a passagem para a próxima fase.

Outro tema da entrevista coletiva foi o atacante Michael, que foi escalado como titular por Renato Gaúcho e marcou o gol da vitória rubro-negra. Criticado pela torcida nos últimos meses, o camisa 19 já havia marcado no triunfo sobre a Chapecoense no último fim de semana.

- O Michael foi contratado pelo futebol que apresentou no Goiás. Ele é um bom jogador e não desaprendeu a jogar. É sempre muito importante o treinador conversar com o jogador. Tenho procurado passar muita confiança para eles, principalmente o Michael, que vinha sendo criticado. Eu procuro sempre recuperar os jogadores que estão em baixa porque eu preciso de todo mundo.

Flamengo e Defensa y Justicia se enfrentam novamente na próxima quarta-feira, no Brasil. A vitória no jogo de ida permite que o Rubro-Negro se classifique até com um empate. Vitória do clube argentino por 1 a 0 leva o confronto para os pênaltis. Antes, o Fla entra em campo no domingo para encarar o Bahia, no estádio Pituaçu, pelo Brasileirão.

Lance!
Publicidade
Publicidade