1 evento ao vivo

Recife terá três concentrações de público na Copa do Mundo

20 ago 2013
17h16
atualizado às 17h36
  • separator
  • comentários

Realizado nesta terça-feira, o Seminário de Planejamento para a Copa do Mundo de 2014 teve participação das 21 secretarias do Recife envolvidas na preparação do evento. O secretário de Esportes e Copa do Mundo do Recife, George Braga, confirmou durante o encontro que as principais concentrações de público durante o Mundial na cidade serão em três pontos: o Fifa Fan Fest (no Marco Zero) e os parques Dona Lindu e do Sítio da Trindade - tradicional reduto das festas juninas na cidade.

George Braga (microfone) revelou que telões e grandes pontos de concentração de público serão reduzidos para três no Mundial de 2014
George Braga (microfone) revelou que telões e grandes pontos de concentração de público serão reduzidos para três no Mundial de 2014
Foto: Luciano Ferreira/Prefeitura do Recife / Divulgação

“A ideia é que no ano que vem nós tenhamos ações no Fifa Fan Fest, Parque Dona Lindu e Sítio da Trindade. Não vamos mais dispersar em muitos locais (eram oito “Arraiá das Confederações” em 2013). A Copa do Mundo tem um apelo diferente então certamente teremos uma presença diferente também das pessoas”, explicou. Para projetar um legado esportivo, a Prefeitura do Recife lança no próximo domingo o projeto Recife Bom de Bola, que terá como foco o combate à violência, recuperação de campos de várzea e valorização do futebol nas comunidades.

Além disso, o Governo Municipal anunciou recentemente que fará uma reforma avaliada em R$ 34 milhões no Geraldão, que é o principal ginásio da cidade e não recebe atividades de esportes de alto rendimento há pelo menos 10 anos. “O encontro ajudou a fazer uma avaliação sobre a Copa das Confederações e também já projeta algumas ações para a Copa do Mundo fazendo a ponte com o legado”, disse o representante do Governo Federal, Joel Benin, ressaltando que foi o maior torneio preparatório para o Mundial da Fifa de todos os tempos.

Questionado se as mobilizações ocorridas durante a Copa das Confederações teriam deixado um legado, já que houve posteriormente a decisão no Rio de Janeiro de manter o Célio de Barros e o Julio Dellamare (complexos de atletismo e natação que fazem parte do Maracanã), o representante do Governo Federal explicou que “é uma avaliação que a Prefeitura e o Governo do Rio fazem sobre esses espaços. E todos os espaços que possam ser revitalizados e colocados à serviço da população, equipamentos que possam atender à população, são fundamentais”.

Para ele, “os eventos, tanto a Copa quanto as Olimpíadas, fortalecem o esporte na pauta nacional”. A reunião foi realizada nesta terça-feira, no Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, na Madalena, e teve como objetivo estruturar as ações relativas ao torneio e aprofundar a discussão sobre o legado que o Mundial 2014 deixará para a cidade.

A mesa de abertura teve presença ainda do professor Rodrigo Paiva, representante do Instituto Esporte & Educação - presidido pela ex-jogadora de vôlei Ana Moser -, que desenvolve um trabalho voltado a estimular o esporte educacional e as atividades físicas.

<a data-cke-saved-href="http://esportes.terra.com.br/infograficos/copa-1950-x-copa-2014/iframe.htm" href="http://esportes.terra.com.br/infograficos/copa-1950-x-copa-2014/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra
  • separator
  • comentários
publicidade