0

City bate Liverpool nos pênaltis e é campeão da Supercopa da Inglaterra

4 ago 2019
13h27
atualizado às 15h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Neste domingo, Liverpool e Manchester City se enfrentaram em Wembley, em partida válida pela Supercopa da Inglaterra, e quem levou a melhor foi o time comandado por Pep Guardiola, que ficou com o título após vitória nos pênaltis por 5 a 4. No tempo normal, a partida acabou empatada por 1 a 1.

A Supercopa da Inglaterra é disputada entre o campeão inglês e o campeão da Copa da Inglaterra. No entanto, como o City foi campeão das duas competições, o Liverpool, vice da Premier League, herdou a vaga na decisão.

O próximo compromisso das duas equipes já é válido pela primeira rodada do Campeonato Inglês 2019/20. Na próxima sexta-feira, o Liverpool recebe o Norwich, e no sábado, o Manchester City visita o West Ham.

Não demorou para o placar ser inaugurado no lendário estádio de Wembley. Logo aos 11 minutos de jogo, após cruzamento na área, os cityzens ainda descolaram uma troca de passes dentro da área adversária e a bola chegou para Sterling, que colocou por baixo das pernas de Alisson e correu para o abraço.

Com cerca de 13 minutos de jogo, o City já teve uma importante baixa. Após sofrer falta, o alemão ficou caído no gramado com dores no joelho e acabou saindo. No seu lugar, Guardiola promoveu a entrada de Gabriel Jesus.

Logo na sequência, Salah mostrou que estava com fome de jogo, e com boas jogadas individuais, passou a infernizar a defesa adversária. O egípcio, contudo, não estava com a pontaria em dia, e chegou a desperdiçar três boas oportunidades.

Os Reds voltaram muito ligados para a etapa complementar, e por pouco não empataram a partida. Em três minutos, foram duas bolas na trave: a primeira foi com Van Dijk, que viu sua cabeçada estourar no travessão, e a segunda foi com Salah, que fez mais uma boa jogada individual, mas novamente pecou na finalização.

Depois de pressionar bastante, o Liverpool enfim chegou ao gol de empate aos 31 minutos. Após cobrança de falta na área, a bola sobrou para Van Dijk, que dominou e cruzou na medida para Matip completar para as redes.

Após o gol de empate, os Reds aumentaram ainda mais o ritmo e tentaram com Keita, Salah (quatro vezes) e Shaqiri, mas o goleiro Bravo estava em partida inspirada e conseguiu evitar o gol da virada. Assim, a decisão se encaminhou para as cobranças de pênalti.

Depois de te um papel fundamental ao longo dos 90 minutos, o goleiro Bravo voltou a brilhar durante a decisão por pênaltis. O chileno segurou a segunda cobrança dos Reds, feita por Wijnaldum, para ser o herói do título dos cityzens.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade